Agetop avalia estragos após rompimento de barragem na GO-070, entre Itaberaí e Itauçu

Via foi totalmente interditada após acidente. Imagens feitas por motoristas impressionam pela força da água e lama

A Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop) avalia os estragos causados pelo rompimento da barragem na GO-070, entre os municípios de Itaberaí e Itauçu. O acidente ocorreu no final da tarde do último sábado (20/1) e assustou quem passava pelo local.

Registros de imagens feitos por motoristas impressionam pela força das águas e da lama, que ocuparam boa parte da via. Uma das pistas da GO-070 ficou totalmente destruída e o trafégo no local foi totalmente impedido. Não houve registro de feridos.

Segundo a agência, o presidente Jayme Rincón (PSDB) esteve no início da tarde deste domingo (21) no local, acompanhado de uma equipe de engenheiros, avaliando a situação. Ainda não se sabe quando o tráfego de automóveis no local será liberado.

Enquanto a situação não é regularizada, os motoristas devem pegar desvios para evitar o local. Quem sai de Goiânia rumo a Itaberaí deve pegar o trevo de acesso à cidade de Taquaral, pela GO-154. Já o desvio para quem segue no sentido Itaberaí-Goiânia ocorre pelo povoado de Ordália.

Uma resposta para “Agetop avalia estragos após rompimento de barragem na GO-070, entre Itaberaí e Itauçu”

  1. Avatar Lita Carneiro disse:

    Em proporções bem menores, o descaso e a falta de fiscalização com as barragens volta a se repetir. Felizmente não houve mortes. Equipe de engenheiros é levada ao local para uma avaliação. Porque não designá-la com certa regularidade para avaliar, fiscalizar como as coisas estão sendo feitas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.