Adiado voo que buscaria vacinas na Índia; Avião seguirá para Manaus com cilindros de oxigênio

O fracasso das tratativas diplomáticas com a Índia frustra o plano do governo federal de iniciar a vacinação no Brasil na quarta, 20

Após passar o dia em terra no Aeroporto dos Guararapes, no Recife, sem previsão de decolagem, o avião da Azul preparado para voar na sexta-feira, 15, à Índia para buscar a encomenda de 2 milhões de doses da vacina da AstraZeneca/Oxford retornou hoje à noite a Campinas, em São Paulo, com uma nova missão: levar cilindros de oxigênio para Manaus.

Com a indefinição de questões diplomáticas entre Brasil e Índia para importação do imunizante, a companhia aérea informou que, a pedido do Ministério da Saúde, a aeronave que iria a Mumbai, na Índia, ajudará a abastecer os hospitais da capital amazonense.

“O voo será feito pela mesma aeronave que partiria para Mumbai, na Índia, uma vez que a missão terá seu início reprogramado enquanto às questões diplomáticas entre os dois países são resolvidas e as doses da vacina Astrazeneca/Oxford possam ser trazidas ao Brasil”, informou a Azul em nota.

O Airbus A330neo da companhia seguiu na noite de sexta-feira para Campinas, de onde deverá partir neste sábado, 16, com o carregamento dos cilindros de oxigênio para Manaus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.