Abaixo-assinado: moradores e lojistas temem que interdição da Rua 90 se torne um “novo BRT”

Sindilojas-GO realiza audiência pública e entrega documento com 400 assinaturas contra construção de trincheira no cruzamento com a avenida 136

Dra. Cristina convoca vereadores para audiência sobre interdição na Rua 90 | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

A vereadora Dra. Cristina, do PSDB, convidou os demais vereadores a participarem de audiência promovida pelo Sindicato do Comércio Varejista no Estado de Goiás (Sindilojas-GO) com o secretário de Infraestrutura de Goiânia, Dolzonan Mattos. “Vamos realizar um debate sobre a interdição da Rua 90, vários comerciantes e a associação dos lojistas me procuraram e todos estão preocupados com o que vai acontecer ali”, afirmou a parlamentar em sessão na Câmara Municipal de Goiânia.

No encontro, que será realizado na terça-feira, 26, às 14h30, na sede da Seinfra, será entregue um abaixo-assinado contendo 400 assinaturas de moradores e lojistas preocupados com a construção de uma trincheira para passagem de ônibus no cruzamento da rua 90 com a avenida 136 ao secretário Dolzonan .

O sindicato demanda o envolvimento da população da localidade através de esclarecimentos da Prefeitura sobre cada etapa da obra, como desvios e bloqueios no trânsito, ou quaisquer mudanças que não estejam previstas no cronograma original. “É uma obra que tem prazo para iniciar, mas não tem prazo para terminar. Estão todos extremamente preocupados com essa situação”, frisou a Dra. Cristina.

“O nosso receio é de que a situação da obra do BRT na região Norte se repita. Além dos prejuízos em relação ao trânsito e à movimentação de pessoas, também há os aspectos ambientais. A área possui um lençol freático raso, ou seja, o nível de água pode comprometer o andamento dos trabalhos e afetar ainda mais quem trabalha, mora ou circula pelo local”, esclareceu o presidente do Sindilojas-GO, Eduardo Gomes.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.