A pedido de Witzel, Polícia Civil investiga vídeo de ataque à sua imagem

O governador também pediu atuação de órgão criado por ele, o Gabinete de Segurança Institucional do estado

Wilson Witzel | Foto: Reprodução

Wilson Witzel (PSC), governador do Rio de Janeiro, foi alvo de vídeo que usa montagem para atacá-lo. O político determinou que a Polícia Civil investigue a origem do vídeo que circula em redes sociais. O inquérito foi instaurado nesta sexta-feira, 31, pela Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática. 

O vídeo ataca Witzel, que esteve em embate com bolsonaristas nas últimas semanas, e afirma que o político fez uma aliança com a TV Globo para “tentar destruir a imagem do presidente da República.” Outras acusações utilizadas na peça são: “o pretenso candidato da Globo a presidente da República vai liberar dinheiro para a emissora”, e operação nas redes sociais para “destruir a imagem de Bolsonaro”. 

Em live na noite de terça-feira, Jair Bolsonaro (PSL) atribuiu a Witzel o vazamento das informações acerca da ligação entre o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e o condomínio Vivendas da Barra, onde o presidente residia à época. Wilson Witzel negou a acusação. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.