99 dias de liberdade: pesquisa quer descobrir quão felizes podemos ser longe do Facebook

Agência holandesa acredita que o segredo da felicidade é ficar, pelo menos, três meses longe das redes sociais

face

Como você se sente quando, por algum motivo, fica um tempo longe das redes sociais? Ansioso? Triste? Mau humorado? Grande parte da população certamente se sente mal por não poder curtir as fotos de seus amigos no Facebook ou por não acompanhar uma discussão em seu grupo favorito. Mas, contrariando essa perspectiva, uma agência holandesa, a Just, criou a campanha “99 Days of Freedom”, que prega que o segredo da felicidade é se abster da rede social por pelo menos pouco mais de três meses.

A ideia para o projeto surgiu depois da divulgação de uma polêmica pesquisa conduzida pelo Facebook para descobrir se a emoção das pessoas cadastradas no site poderia ser manipulada pelas postagens a que elas tinham contato. O estudo demonstrou que quem tinha acesso a postagens positivas, expressavam bom humor em suas atualizações, ao contrário de quem só visualizava postagens de caráter negativo.

Discutindo sobre o assunto, um dos integrantes da agência lançou a pergunta: “Como você se sente se não usar o Facebook?”. “Foi assim que surgiu a campanha”, contou o diretor de arte da agência, Merijn Straathof, ao site da revista Time.

Com base nos cálculos de que cada um dos 1,2 bilhão de usuários do Facebook passa em média 17 minutos por dia navegando no site, eles chegaram à conclusão de que 99 dias longe da rede representam 28 horas “de liberdade” por pessoa. Assim, o holandês incentiva que aqueles que se interessarem no projeto utilizem o tempo extra com o aprendizado de novas habilidades e trabalhos voluntários. Os participantes também são encorajados a divulgar em um fórum tudo o que eles têm feito longe do Facebook.

Segundo Straathof, a medida não é uma forma de boicote ao site. “O Facebook é uma plataforma incrível. Somos usuários fiéis do serviço e acreditamos que há muitas razões para amá-lo. Sentimos, no entanto, que existem óbvios benefícios emocionais na moderação”, disse ele.

Quem se interessar, pode avisar aos seus amigos que está participando ao trocar a foto de seu perfil pelo logo do projeto. Até esta sexta-feira (11/7), quase 9 mil pessoas se juntaram à campanha.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.