A prefeitura de Senador Canedo, através da atual gestão, tem investido na implantação de ciclofaixas para democratizar o trânsito da cidade e torná-lo mais democrático. De forma inédita, quase 40 quilômetros de vias exclusivas para ciclistas já foram implantadas nos últimos dois anos e meio, sendo este apenas o início do projeto de reconfiguração da mobilidade do município que mais cresce no país.

“O sistema cicloviário de Senador Canedo era tímido e restrito até 2021, quando se iniciou um planejamento para construção de novos eixos, com o diferencial de deixar de margear o centro urbano por regiões distantes para então cortar o coração da cidade, indo além de um aspecto meramente recreativo. O objetivo é atender a necessidades reais de deslocamento do ciclista”, comentou o Superintendente de Mobilidade Urbana, Arisberto Pereira.

Uma dessas necessidades é o acesso dos ciclistas aos locais de maior densidade de fluxos, que abrigam a maioria dos serviços e comércio da cidade. Para possibilitar este acesso, foram implantados mais de 12 quilômetros de ciclovias na região central de Senador Canedo, que somados a 14 km de ciclovias nas rodovias da cidade e mais 12,5 km implantados através dos condomínios horizontais, somam 38,5 km de vias exclusivas bem delineadas.

Segundo o prefeito Fernando Pellozo, o trabalho continua nos próximos meses:“Vamos restaurar 8,3 km na Av. Pedro Miranda, que liga a GO-020 à GO-536 e é muito utilizada por ciclistas em deslocamentos a lazer e a trabalho. Também iremos sinalizar a rua MC-1, localizada entre o Solar Monte Cristo e o Residencial Flor do Ipê, onde já consta estrutura cicloviária no canteiro central, sendo necessária a caracterização através de placas e sinalização horizontal.”, afirmou.

Também está no planejamento da Superintendência Municipal de Trânsito (SMT) a construção de mais 12,5 km de ciclofaixas nos próximos meses. Segunda a SMT, a meta é até julho de 2024 ultrapassar 62 quilômetros de ciclofaixa, construindo uma estrutura que possibilite pleno acesso do ciclista a todas as regiões da cidade e estimulando o uso deste meio de transporte tão saudável para o usuário, o planeta e o crescimento sustentável do município.