Primo de Marcelo Miranda é solto após fim da prisão temporária

Luciano de Carvalho havia tido período de detenção prorrogado por não ter colaborado com as investigações em depoimento

Luciano Carvalho Rocha, primo de Marcelo Miranda | Foto: Reprodução

Nesta segunda-feira, 7, Luciano de Carvalho Rocha, primo do ex-governador do Tocantins Marcelo Miranda, saiu da cadeia após fim do prazo da prisão temporária. Ele foi detido na terça-feira, 1º, e chegou a ter a prisão prorrogada por não ter colaborado com as investigações, criando obstáculos à apuração.

Ele alvo da Operação Urutau, desdobramento da Operação Reis do Gado, que prendeu Marcelo Miranda, seu irmão Brito Júnior e seu pai Brito Miranda no fim de setembro. O primo é investigado por supostamente integrar um esquema de desvio de recursos públicos e ocultação de capitais.

A investigação apura que houve R$ 50 milhões de prejuízo aos cofres públicos com esquema de desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro. Os alvos da operação são acusados de terem sido usados como laranjas e testas de ferro do ex-governador Marcelo Miranda, já que tudo ocorreu durante seu mandato à frente do Estado do Tocantins.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.