Pesquisa Fieto: Carlesse tem 49%, Amastha 22% e Márlon 8% das intenções de voto

Pesquisa também feita pela Vetor também coloca Vicentinho Alves, do Solidariedade, à frente na corrida ao Senado

Pesquisa Fieto/Vetor

De acordo com segunda rodada da pesquisa feita pela Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (Fieto) e pela Vetor Pesquisas, Mauro Carlesse (PHS) venceria a eleição para governador do Tocantins ainda no primeiro turno. A pesquisa divulgada nesta sexta-feira (21/9) mostra Carlesse com 49% das intenções de votos na pesquisa estimulada, seguido de Carlos Amastha (PSB), com 22%.

Márlon Reis (Rede) segue em terceiro com 8%, César Simoni (PSL) tem 1% e Bernadete Aparecida (PSOL) não pontuou. Segundo o levantamento, 9% não votariam em ninguém ou anulariam o voto, outros 9% não sabem em quem votar e 2% não responderam.

Na pesquisa espontânea, Carlesse permanece em primeiro com 42% das intenções de voto. Amastha mantém o segundo lugar, mas agora com 19%. Márlon Reis pontuou 7% e Bernadete Aparecida e Simoni não pontuaram. Não votariam em ninguém ou marcariam branco/nulo somam 8%. Já 22% ainda não se decidiram e 2% não responderam.

Rejeição

O candidato com maior rejeição, de acordo com a Fieto/Vetor, é Carlos Amastha (PSB), com 13%, seguido por Bernadete, com 10%. Carlesse e Reis empatam com 9% de rejeição e Simoni tem 1% de rejeição.  Já 16% dos entrevistados rejeitam nenhum ou todos, 31% não sabem e 5% não responderam.

O candidato à reeleição, Mauro Carlesse (PHS) é governador do Tocantins desde o dia 9 de julho deste ano, quando foi eleito em votação convocada após cassação do ex-governador Marcelo Miranda (MDB) e da vice Cláudia Lelis (PV). A chapa anterior foi condenada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por captação ilegal de recursos para a campanha de 2014.

Senado

Na corrida ao Senado do estado do Tocantins, Vicentinho Alves (PS) lidera com 12% de intenção de voto na pesquisa espontânea, seguido por César Halum (PRB) e Eduardo Gomes (PS), ambos com 8%. Ainda, 33% dos entrevistados ainda não decidiram em quem votar.

O nível de confiança do levantamento é de 95% e a margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. Foram ouvidos mil eleitores entre os dias 16 e 19 de setembro. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Tocantins.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.