Estados articulam criação do Consórcio Interestadual da Amazônia Legal

Governadores de nove estados buscam alavancar proteção ambiental e turismo da região 

Governadores Waldez Goés (PDT-AP), Flávio Dino (PC do B-MA), Marcelo Miranda (PMDB-TO), Suely Campos (PP-RR), Simão Jatene (PSDB-PA), Pedro Taques (PSDB-MT), Tião Viana (PT-AC), José Melo (Pros-AM) e Confúcio Moura (PMDB-RO) | Foto: Pedro Barbosa/ Governo Tocantins

O governador do Tocantins, Marcelo Miranda (PMDB), participa, nesta sexta-feira (5/5), em Porto Velho (RO), do 14º Fórum de Governadores da Amazônia Legal. Na ocasião, os governadores irão debater e deliberar pautas relacionadas à segurança pública, ao meio ambiente e à comunicação pública. Durante este encontro, será firmado o Protocolo de Intenções para criação do Consórcio Interestadual da Amazônia Legal.

Nesta quinta-feira (4), as equipes técnicas dos nove estados que compreendem o consórcio, Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia e Roraima, se reuniram em câmaras setoriais para discutir e finalizar temas que serão apresentados aos governadores para deliberação.

Um dos momentos mais importantes do encontro será a assinatura do Protocolo de Intenções para a criação do Consórcio Interestadual da Amazônia Legal. O modelo seguirá o do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central (BrC), liderado pelo governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), que tem tido experiências vitoriosas nos pleitos apresentados ao governo federal.

Pautas

Na pauta do encontro, no que trata da agenda ambiental, está previsto o compartilhamento de informações e tecnologia para o fortalecimento do Cadastro Ambiental Rural (CAR) e do Programa de Regularização Ambiental (PRA), entre outros itens. A agenda da segurança pública inclui discussões sobre a inteligência estratégica e as operações integradas nas fronteiras, além da gestão de conflitos agrários.

No encontro, também será lançada uma ampla campanha de promoção do turismo nos estados do bloco. A proposta da campanha é ampliar a publicidade do potencial turístico dos estados membros da Amazônia Legal, mostrando a região para o país, além de incrementar o setor turístico e alavancar a economia na região.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.