Divulgados os vencedores do Prêmio Sebrae “Prefeito Empreendedor”

Foto: Reprodução

Sete prefeitos tocantinenses receberam o “Troféu Arara Azul” na terça-feira, 4, no auditório do Tribunal de Contas do Estado (TCE), em Palmas. Entregue a cada dois anos, a premiação tem o objetivo de valorizar gestores municipais que implementaram projetos com resultados comprovados de estímulo ao surgimento e ao desenvolvimento de pequenos negócios e à modernização da gestão pública.

Os vencedores são: Lindolfo Neto (PV), gestor de Combinado, na categoria na categoria Compras Governamentais de Pequenos Negócios; Padre Gleibson (sem partido), prefeito de Dianópolis, na categoria Desburocratização e Implementação da Redesimples; Laurez Moreira (PSDB), de Gurupi, na categoria Políticas Públicas para o Desenvolvimento dos Pequenos Negócios; Roberto Cesar de Oliveira (MDB), de Lavandeira, na categoria Pequenos Negócios no Campo;  Cinthia Ribeiro (PSDB), de Palmas, na categoria Inclusão Produtiva e Apoio ao Microempreendedor Individual; João da Serraria (PP), de Pau D’Arco, na categoria Inovação e Sustentabilidade e, finalmente, Joaquim Maia (PV), de Porto Nacional, na categoria Empreendedorismo nas Escolas.

Na 10ª edição, a etapa tocantinense do Prêmio Sebrae “Prefeito Empreendedor” teve 53 municípios inscritos e 28 projetos de 24 municípios chegaram à fase final da etapa estadual. Todos os prefeitos finalistas receberam o certificado de participação. Os vencedores estaduais vão representar o Tocantins, em 2019, na etapa nacional do Prêmio, que será realizada em Brasília.

O diretor-superintendente do Sebrae Tocantins, Omar Hennemann, destacou a importância da premiação como instrumento de relacionamento com as administrações municipais para melhorar os pequenos negócios. “É um privilégio para o Sebrae reconhecer uma gestão empreendedora. Cada projeto inscrito é um estímulo à formalização, ao desenvolvimento e à competitividade dos pequenos negócios, contribuindo de forma efetiva para o crescimento econômico, ambiental e social do nosso estado”, afirmou.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.