Comitiva de vereadores da capital relatam irregularidades ao MPE

O representante do ministério público informou que irá instaurar, imediatamente, procedimento administrativo para apurar as irregularidades apresentadas pela equipe

Na quarta-feira, 17, o promotor de Justiça Thiago Ribeiro recebeu uma comitiva formada por vereadores de Palmas, que relataram uma série de irregularidades na saúde pública do município. Segundo os parlamentares, foi constatada falta de insumos para o atendimento, como oxigênio e equipamentos de proteção individual (EPIs) para os profissionais da saúde que atendem pacientes com Covid-19.

A comitiva contou com a presença da presidente da Câmara Municipal de Palmas, Janad Valcari (Podemos), e dos vereadores Moisemar Marinho (PDT), Mauro Lacerda (PSB) e Junior Brazão (PSB). O grupo também relatou a reutilização de materiais descartáveis como jalecos, máscaras e luvas.

O representante do ministério público informou que irá instaurar, imediatamente, procedimento administrativo para apurar as irregularidades apresentadas pela equipe. Sobre oferta de leitos em UTI, o promotor esclareceu que foi ajuizada uma Ação Civil Pública no início do mês de agosto de 2020. Ele afirmou que está acompanhando o cumprimento do acordo realizado em juízo por parte da secretaria municipal de saúde. As novas informações apresentadas pelos vereadores, se comprovadas, serão juntadas na ação em andamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.