Casos de dengue em Porto Nacional preocupam pelo aumento significativo de confirmações

Internações, diagnóstico errado e morte relacionados a dengue deixam a saúde do município em Alarme

O início das chuvas todos os anos é um agravante no número de casos de dengue, e no Tocantins este ano os números estão significativamente altos. Em Porto Nacional foi confirmado esta semana a morte de uma gestante de 39 anos que estava com sete meses de gravidez morreu no início do mês de dengue hemorrágica, além deste caso, houve a morte de um bebê de um mês e vinte dias que está sob investigação.

Um caso incomum foi a morte de uma criança de três anos de idade que teve o diagnóstico de dengue negativo, mas veio a óbito com laudo de coagulação e acidente vascular cerebral, mas na certidão de óbito constava dengue hemorrágica, a morte aconteceu dia 14 de dezembro e os pais da criança estão pedindo respostas. A Prefeitura de Porto Nacional foi procurada e a Secretaria de Saúde emitiu a seguinte nota;

“Sobre o questionamento a secretaria de saúde de Porto Nacional esclarece que no início do período chuvoso houve um aumento no número de notificações de dengue, de 756 registros de casos suspeitos, sendo 119 casos confirmados e apenas dois são considerados graves”. A maioria em novembro e dezembro com quase 500 casos ao total.

A prefeitura disse que intensificou as medidas preventivas por meio de agentes de saúde de casa em casa e através do fumacê, mas não mencionou o caso do menino de três anos que teve diagnóstico contraditório.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.