Quando se trata de adaptações audiovisuais de obras literárias, a maioria das pessoas imediatamente pensa em filmes ou séries. Além destas produções, o Brasil é conhecido pelas icônicas telenovelas, algumas das mais famosas veiculadas pela TV Globo. Nesse sentido, veja a seguir algumas das mais famosas novelas brasileiras que foram inspiradas em livros:

O Cravo e a Rosa

Criada por Walcyr Carrasco e Mário Teixeira, a produção é inspirada na peça “A Megera Domada” (1594) de William Shakespeare, a qual também serviu de base para filmes como ’10 Coisas que Eu Odeio em Você’ (1999), dirigido por Gil Junger. A trama brasileira segue a conturbada história de romance entre Julião Petruchio e Catarina, adotando os mesmos nomes presentes na peça original de Shakespeare, embora em um contexto brasileiro.

Gabriela

Em 1975, a novela mais famosa da Globo foi ‘Gabriela’, criada por Walter George Durst, e teve um remake em 2012, sob a direção de Walcyr Carrasco. A história retrata o romance entre a sertaneja Gabriela e o árabe Nacib, adaptada do romance “Gabriela, Cravo e Canela”, de Jorge Amado, publicado em 1958. Situada nos anos 1920, a trama explora a luta pela modernização de Ilhéus, na Bahia, impulsionada pela indústria do cacau.

Ciranda de Pedra

Outra novela brasileira, ‘Ciranda de Pedra’, teve duas versões: a primeira em 1981, com Eva Wilma no papel principal, e a segunda em 2008, estrelando Ana Paula Arósio como Laura. Ambas as adaptações foram baseadas no livro homônimo de Lygia Fagundes Telles, publicado em 1954, que acompanha a história de Laura, uma mulher moderna oprimida pelo marido.

Cabocla

Em 1979, a novela ‘Cabocla’, criada por Benedito Ruy Barbosa, foi exibida na Globo, com Fábio Jr. e Gloria Pires nos papéis principais. Essa novela também teve uma segunda versão em 2004, novamente de Ruy Barbosa, com Daniel de Oliveira e Vanessa Giácomo. Ambas as versões foram inspiradas no romance homônimo de Ribeiro Couto, publicado em 1931, que narra a história de Jerônimo, um estudante que encontra o amor em uma bela moça chamada Cabocla em um pequeno lugarejo.

A Padroeira

Exibida entre junho de 2001 e fevereiro de 2002, ‘A Padroeira’ foi uma novela que retratou o Brasil colonial, inspirada no livro “As Minas de Prata” (1865) de José de Alencar. A trama se passa durante a febre do ouro, explorando a devoção à Nossa Senhora Aparecida, com nomes como Luigi Baricelli, Deborah Secco, Elizabeth Savalla e Mariana Ximenes no elenco.

Orgulho e Paixão

Essa telenovela, exibida em 2018, é uma série de histórias e personagens inspirados nos livros de Jane Austen, como ‘Razão e Sensibilidade’ (1811), ‘Orgulho e Preconceito’ (1813), ‘Mansfield Park’ (1814), ‘Emma’ (1815), ‘A Abadia de Northanger’ (1817) e ‘Lady Susan’ (1871). A trama segue Elisabeta, interpretada por Nathalia Dill, em um contexto onde o casamento é considerado o único futuro possível para mulheres de boa família, semelhante ao enredo de ‘Orgulho e Preconceito’.

*Com informações do portal Aventuras na História.

Leia também: