A comercialização da pomada modeladora de cabelo Cassu Braids e de outros produtos fabricados pela Microfarma Indústria e Comércio Ltda, foi suspensa pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nesta sexta-feira, 6. Só no Rio de Janeiro, mais de 200 notificações de casos de cegueira temporária e queimadura nos olhos surgiram após o uso da pomada.

De acordo com a Gerência-Geral de Inspeção e Fiscalização Sanitária da Anvisa, a pomada e demais produtos da empresa devem ser recolhidos. Além da comercialização, a distribuição, fabricação, propaganda e uso do cosmético também foram suspensos, por ‘casos de intoxicação ocular’.

O documento publicado no Diário Oficial da União diz que as ações se dão por falta de ‘licença do órgão de vigilância sanitária local’.