Integração das ações de segurança já mostra resultados

Junção dos trabalhos do Gabinete de Gestão Integrada, Guarda Municipal, Secretaria Municipal de Trânsito, Polícia Civil e Polícia Militar tem reduzido índices de criminalidade na cidade

Há cinco meses no comando do policiamento de Senador Canedo, major Vanderlan afirma que o trabalho ostensivo e integrado tem dado mais segurança à cidade | Foto: Renan Accioly

Há cinco meses no comando do policiamento de Senador Canedo, major Vanderlan afirma que o trabalho ostensivo e integrado tem dado mais segurança à cidade | Foto: Renan Accioly

Augusto Diniz

Patrulhamento ostensivo, proteção do patrimônio público, monitoramento por câmeras, registros de ocorrências 24 horas, e fiscalização de trânsito com informações por imagens são base da atuação da segurança pública em Senador Canedo. Município da Região Metropolitana de Goiânia com população de mais de 100 mil habitantes (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística-IBGE), a cidade tem buscado a integração dos órgãos que atuam na prevenção e combate ao crime para trazer uma sensação cada vez maior de tranquilidade à população.

Em parceria com o Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) e a Justiça goiana, órgãos da prefeitura como a Guarda Municipal, Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), Secretaria Municipal de Assistência Social, Secretaria Municipal de Trânsito (SMT) e os conselhos tutelares têm atuado em conjunto com as Polícias Militar e Civil na prevenção e combate ao crime na cidade.

Para o secretário Darcy Júnior, a segurança dos moradores é primordial e a prefeitura não vai medir esforços para que isso seja garantido | Foto: Renan Accioly

Para o secretário Darcy Júnior, a segurança dos moradores é primordial e a prefeitura não vai medir esforços para que isso seja garantido | Foto: Renan Accioly

Desde a mudança na Secretaria Estadual de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP-GO), quando o vice-governador José Eliton (PSDB) assumiu o cargo de secretário em 24 de fevereiro de 2016, a Polícia Militar de Senador Canedo tem um novo comandante. Vindo do Comando de Operações de Divisas (COD), major Vanderlan Nazareth Rodrigues passou a comandar o 27º Batalhão da PM (BPM), que responde pelo patrulhamento e combate à criminalidade no município.

Há cinco meses em Senador Canedo, desde que foi nomeado comandante do 27º BPM pelo comandante-geral da PM, o coronel Divino Alves de Oliveira, o major Vanderlan tem buscado uma atuação conjunta com a prefeitura para atender à orientação da Secretaria Estadual de Segurança Pública e o Comando Geral da PM que é a redução dos índices de criminalidade na região da 12ª Área Integrada de Segurança Pública (AISP), que tem nela as cidades de Senador Canedo, Caldazinha, Bonfinópolis e Bela Vista.

Redução da criminalidade

Diretor da Guarda Municipal, comandante Engle diz que trabalha para que a população se sinta cada vez mais protegida | Foto: Renan Accioly

Diretor da Guarda Municipal, comandante Engle diz que trabalha para que a população se sinta cada vez mais protegida | Foto: Renan Accioly

E esse trabalho, pelos dados da PM, tem dado resultado. Enquanto o número de homicídios registrados em Senador Canedo no ano de 2015 era de 8 assassinatos por mês e 24 por trimestre, a redução do registro desse crime foi de 66% nos primeiros seis meses deste ano. “Até o momento, nós batemos todas as metas estabelecidas pela Secretaria de Segurança Pública”, afirma o comandante do 27° BPM.

Pelos número apresentados por major Vanderlan, os homicídios registrados por trimestre em 2016 são cerca de 15 a cada três meses, quando no ano anterior o registro era de 24 em um período igual. Parte desse resultado vem do patrulhamento ostensivo realizado em Senador Canedo, que tem contado com a realização de operações e blitze pela cidade. Segundo o comandante do 27º BPM, nos últimos cinco meses aconteceram 15 operações integradas entre a Polícia Militar, GGIM, Guarda Municipal e SMT.

De acordo com major Vanderlan, está prestes a ser desencadeada a Operação Feliz Aniversário, que faz alusão aos 158 anos da Polícia Militar no Estado de Goiás. “Quem ganha o presente é a população, que tem no sucesso do trabalho de segurança a integração das frentes de atuação na prevenção e combate ao crime em Senador Canedo dos órgãos que atuam na área”, declara.

A definição do que a PM chama de manchas criminais facilitou esse trabalho de atuação nos pontos considerados mais preocupantes pela Secretaria de Segurança Pública em Senador Canedo. O comandante do policiamento na cidade explica que bairros como o Jardim das Oliveiras e Vila Galvão eram os dois com maior número de crimes registrados antes do aumento da atuação ostensiva das equipes de policiais nas ruas do município.

Furtos e roubos

Dentro da definição das manchas criminais em Senador Canedo, o trabalho de policiamento ostensivo, com as equipes da PM nas ruas, colocou o Grupo de Patrulhamento Tático (GPT), que é o batalhão especializado da Polícia Militar na cidade, nessas áreas consideradas de necessidade de atuação mais intensa. A atuação da GPT principalmente na Vila Galvão e no Jardim das Oliveiras, segundo major Vanderlan, possibilitou a redução do registro de furtos e roubos a pedestres.

O secretário executivo do Gabinete de Gestão Integrada Municipal, Darcy Júnior, afirma que a população tem começado a se sentir mais segura nas ruas e bairros de Senador Canedo. “Com essa atuação consistente, a população tem se sentido mais assistida pelos órgãos públicos e também tem acreditado mais que é possível melhorar cada vez mais a segurança pública em Senador Canedo.”

Ele destaca as parcerias com a promotora de Justiça Marta Moriya Loyola, da Comissão de Gestão Ambiental do MP-GO, e com o também promotor de Justiça Glauber Rocha Soares, da 1ª Promotoria de Justiça da comarca de Senador Canedo.

Segundo Darcy, as operações integradas, que em 2016 foram realizadas 15, são definidas por todos os órgãos participantes. Entre eles estão a direção da Cadeia Pública da cidade, que trabalha com plantão para receber os presos, além do pagamento de horas extras a policiais civis e militares por parte da prefeitura. Apenas com ala masculina, a Cadeia Pública custodia 140 presos. As mulheres detidas em Senador Canedo são transferidas para o Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, também na Região Metropolitana.

A intenção da prefeitura é construir, em parceria com o Ministério Público e o Conselho da Comunidade e Agência Prisional, um presídio com capacidade para receber 300 presos em Senador Canedo. A terraplanagem do terreno, que será usado para abrir vagas por demanda, foi entregue pelo Município no dia 15 de julho.

Guarda Municipal dá tranquilidade aos canedenses

Na hora de folga, o pedreiro Flávio Santos leva os filhos e o sobrinho para brincar no Parque Boa Vista | Foto: Renan Accioly

Na hora de folga, o pedreiro Flávio Santos leva os filhos e o sobrinho para brincar no Parque Boa Vista | Foto: Renan Accioly

A Guarda Municipal de Senador Canedo, que faz o patrulhamento de unidades escolares, de saúde, protege o patrimônio público e faz a segurança de praças e parques da cidade, também auxilia no policiamento do município. Com efetivo de 133 guardas municipais, sendo eles 115 homens e 18 mulheres, as equipes da Guarda Municipal atuam com o uso de 24 veículos, desses 10 são motocicletas.

Dos 133 guardas municipais, 62 tem treinamento e portam armas no exercício da função. O comandante Engle José Vaz da Costa, diretor da Guarda Municipal, afirma que está em andamento o trabalho para que o órgão tenha capacidade e condições de fortalecer o patrulhamento realizado com o preparo e fornecimento de armas a todos dos guardas municipais da cidade.

Existe também um grupo especializado de atuação no apoio do atendimento a ocorrências feito pela Guarda Municipal que pertence à estrutura da corporação da cidade. A Ronda Ostensiva Municipal, conhecida como Romu, que ajuda no atendimento às 500 ocorrências e 6 mil ordens de serviço registradas entre 2010 e 27 de julho de 2016 em Senador Canedo.

Delegacia fica aberta 24 horas com pagamento de horas extras  a uma equipe da Polícia Civil ao custo de R$ 30 mil mensais | Foto: Renan Accioly

Delegacia fica aberta 24 horas com pagamento de horas extras
a uma equipe da Polícia Civil ao custo de R$ 30 mil mensais | Foto: Renan Accioly

Desse efeito, 50 guardas municipais tomaram posse de seus cargos após aprovação em concurso público e conclusão do curso de capacitação feito em parceria com a Academia de Polícia da Polícia Militar goiana.

A frota da Guarda Municipal conta com seis GM Prisma, uma caminhonete Toyota SW4, uma VW Kombi, cinco GM Corsa Classic, sete motocicletas Honda XRE 300, três Yamaha Fazer YS 250 e uma VW Parati.

Parque Boa Vista
Um dos pontos de atuação da Guarda Municipal na cidade que mais tem chamado atenção é o Parque Boa Vista. O local é considerado pela prefeitura o novo cartão postal de Senador Canedo. Com 25 mil metros quadrados, é o local que tem atraído não só a população da cidade a ocupar espaços públicos para fazer piqueniques, caminhar, brincar com os filhos e animais de estimação, como tem atraído visitantes de outras cidades próximas.

O local, que conta com cinco lagos, recebia a visita de muitos moradores no momento em que a equipe do Jornal Opção foi conhecer o patrulhamento no parque. Equipes da Guarda Municipal monitoram o espaço com viaturas em rondas por toda a extensão e param em alguns pontos estratégicos para acompanhar a movimentação de pessoas.

O Parque Boa Vista, conhecido como Lago Boa Vista, foi inaugurado em 16 de junho pela Prefeitura de Senador Canedo e conta com estrutura de exercícios físicos, lagos, brinquedos, parquinho com areia, muitos bancos espalhados em áreas com e sem sombra, além de pista de caminhada ao redor dos 25 mil metros quadrados do local.

Era final de tarde quando o pedreiro Flávio Santos de Souza, de 37 anos, resolveu levar as filhas Júlia, que tem apenas 2 anos, a Ana Paula, com 6 anos, e o sobrinho Adriano, de 8 anos, para brincar no parquinho do Parque Boa Vista. Ele diz que durante o dia se sente mais seguro e que gosta da estrutura oferecida no espaço para os moradores.

Além do Parque Boa Vista, a prefeitura informa que está em construção o Parque Paraíso, que será outro espaço destinado a atender a demanda da população por locais públicos de lazer e prática de exercícios que ofereçam conforto e segurança.

Delegacia 24 horas

Delegacias da Mulher, da Criança e do Adolescente e de Apuração de Atos Infracionais funcionam no Morada do Morro | Foto: Renan Accioly

Delegacias da Mulher, da Criança e do Adolescente e de Apuração de Atos Infracionais funcionam no Morada do Morro | Foto: Renan Accioly

Toda cidade com uma ou duas delegacias apresenta dificuldades na hora de registrar uma ocorrência durante a noite. Em Senador Canedo, das três delegacias, uma delas funciona em esquema de plantão a partir das 18 horas.

Localizada na Vila Santa Rosa, a Delegacia de Polícia 24 horas da cidade funciona com o pagamento pela prefeitura de R$ 30 mil mensais par que um delegado, um escrivão e dois agentes atuem durante a noite e madrugada em Senador Canedo. O valor aplicado anualmente é de R$ 360 mil para manter o serviço da Polícia Civil ininterrupto em Senador Canedo.

“A visão de segurança que o prefeito Misael Oliveira (PSDB) tem é a de que não podemos poupar esforços para garantir a segurança da população”, afirma o secretário Darcy Júnior.

O trabalho da Polícia Civil na cidade ainda conta com outras duas delegacias, que tem atuação especializada. No setor Morada do Morro funciona uma unidade com três serviços policiais diferentes, que são a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adoles­cente (DPCA) e a Dele­gacia de Polícia de Apuração de Atos Infracionais (Depais). Essas três delegacias que funcionam na unidade do Morada do Morro ficam abertas das 8 horas até as 18 horas.

Os crimes de homicídio e tráfico de drogas são apurados pelo Grupo de Investigação de Homicídios (GIH), com estrutura instalada no Jardim das Oliveiras.

Hora extra
Além do pagamento de hora extra para o plantão da Polícia Civil, é feito um repasse mensal de R$ 70 mil à Polícia Militar para custear o banco de horas do 27º BPM. O comandante do batalhão informa que haverá um aumento de 5,55% com a transferência de policias do 2º Comando Regional da Polícia Militar (CRPM) para atuarem em Senador Canedo.

Major Vanderlan prefere não divulgar o número de policiais militares que atuam na cidade por uma “questão estratégica”, mas informa que a atuação da PM no município tem como objetivo transformar Senador Canedo na cidade mais segura da Região Metropolitana.

Com isso, os repasses a partir de agosto feitos pela prefeitura ao banco de horas da PM aumentarão em R$ 10 mil, passando a ser de R$ 80 mil, com uma aplicação de recursos anual de R$ 890 mil. Somados à hora extra paga pelo plantão da Polícia Civil, a prefeitura repassará a partir de agosto R$ 110 mil por mês e serão utilizados em 2016 R$ 1,25 milhão.

Para efeito de comparação a outra cidade que também tem cuidado com a segurança, em Anápolis, que tem população de 366.491 moradores, o que representa mais de 3,6 vezes o número de habitantes de Senador Canedo, a prefeitura gasta cerca de R$ 5 milhões por ano em segurança pública, com R$ 3 milhões desse valor aplicados no banco de horas dos policiais militares.

Câmeras nas ruas
Em parceria com o Ministério Público, através do Conselho da Comunidade, Senador Canedo aplicou R$ 70 mil na instalação de quatro câmeras em vias da cidade, que foram entregues em junho deste ano. Por meio do Central Integrada de Monitoramento, acompanhado de perto pela Polícia Militar, SMT e Guarda Municipal, é verificada toda situação suspeita nos locais vigiados por essas câmeras em ruas e avenidas em pontos estratégicos da cidade.

O secretário Darcy Júnior explica que a atuação da Central Integrada de Monitoramento atua com acompanhamento por imagens e repasse de informações às equipes dos órgãos estaduais e municipais para averiguar a situação no local.

No momento em que a equipe do Jornal Opção visitou as instalações da Central de Monitoramento, um táxi com o pisca-alerta ligado estava parada em um cruzamento de uma das avenidas monitoradas por uma das câmeras. O policial militar que acompanhava as imagens repassou as informações para uma viatura, que foi ao local verificar o que aconteceu com o carro.

Outras cidades têm um trabalho maior com uso de videomonitoramento. Em Anápolis, que é a terceira maior cidade do Estado, são 76 câmeras espalhadas pelo município. Já Aparecida de Goiânia, com 521.910 habitantes, o acompanhamento da cidade por câmeras de monitoramento é feito em 50 pontos da cidade, no qual a prefeitura aplica R$ 100 mil, o que representa 5% do valor utilizado no sistema, que é de R$ 2 milhões.

Iluminação pública
Está em fase de teste por parte da prefeitura a troca da iluminação pública de Senador Canedo por lâmpadas de LED, que consomem menos energia do que as convencionais e têm maior durabilidade. Para manter a cidade iluminada, três caminhões com eletricistas são utilizados para realizar as trocas dos equipamentos que apresentam problemas ou que não desligam durante o dia.

Além da busca por economia e qualidade na iluminação pública, o secretário executivo Darcy Júnior informa que é uma preocupação da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra) a situação dos lotes baldios na cidade. Hoje, a prefeitura faz o recolhimento do entulho nesses imóveis particulares e notifica o proprietário para que o mesmo problema não volte a acontecer.

Como é previsto no Código de Posturas de Senador Canedo, a reincidência, principalmente em lotes nos quais acontecem obras, pode chegar até ao embargo da construção. “A população de Senador Canedo exige cada vez mais do poder público que seja oferecido um serviço de qualidade. E é também por isso que nós queremos e estamos cada vez mais atuantes”, diz o secretário Darcy Júnior. l

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.