Em 2015, mais um ano de Carreiródromo superlotado na Festa de Trindade

População comparece em peso ao local e muitos acompanham os participantes pelas ruas no trajeto de 2 quilômetros, quando algumas pessoas tornam-se celebridades por alguns segundos

Carros de boi desfilam pelo Carreiródromo de Trindade: uma festa do povo | Foto: Iris Roberto

Carros de boi desfilam pelo Carreiródromo de Trindade: uma festa do povo | Foto: Iris Roberto

FÁBIO PH
Especial para o Jornal Opção

Realização primorosa na grande festa do Divino Pai Eterno em Trindade, com número maior de participantes em relação a 2014, a Romaria dos Carros de Bois trouxe um grande público para o desfile. A Polícia Militar contabilizou 130 mil pessoas no Carreiródromo e nas ruas da cidade. “O olho do prefeito engorda a Romaria.” A frase pega carona no antigo ditado que diz “o que engorda o boi é o olho do dono”. A referência é justa ao trabalho desenvolvido pelo prefeito de Trindade, Jânio Darrot (PSDB), que trabalha muito por esse evento, que é uma das principais tradições da Romaria do Divino Pai Eterno.

Um dos primeiros a chegar e um dos últimos a sair, Jânio faz questão de acompanhar todos os detalhes. “Estamos cuidando da maior romaria de carreiros do mundo. A responsabilidade é muito grande e o êxito de mais um ano dividimos com toda a nossa equipe de governo. Sintam-se, todas e todos, lembrados, parabenizados. Acreditamos que essa grande ideia, criada pelo ex-prefeito Roberto Monteiro em 1989, será algo para a eternidade”, pontuou Jânio, que estava acompanhado da primeira-dama Dairdes Darrot. O que se viu no Carreiródromo na quarta-feira, 2, condiz com a previsão do prefeito, uma vez que na passarela do desfile misturam-se integrantes da velha e da nova geração das famílias participantes.

Sucesso de crítica e público

A população superlota o Carreiródromo e muitos acompanham nas ruas o trajeto, que é de dois quilômetros. Algumas pessoas tornam-se celebridades por alguns segundos, quando entrevistadas pelos principais veículos de comunicação do Estado, que montam seus links e transmitem flashes e noticiários ao vivo, direto do local. Brincando com um grupo da cidade de Pontalina, disse que no próximo ano a Romaria de Carros de Bois não iria acontecer. “Que coisa mais absurda, isto é uma burrice, viemos em três ônibus e esta romaria, depois das bênçãos do Divino Pai Eterno, é o que mais nos importa”, reagiu Irene José da Silva, 74 anos. Também em Trindade para assistir o desfile, estava Evelyn Ferreira de 14 anos, residente em Goiânia. “Comecei vindo no colo da minha mãe e nunca faltamos um ano sequer. Acho muito legal e me faz sentir próxima das minhas raízes, das coisas que o meu avô e que a minha avó gostam”, declarou.

Imagem do Divino Pai Eterno

O padre redentorista Nildo Barbosa conduziu a imagem do Divino Pai Eterno no desfile. É sempre o primeiro carro a passar, provocando grande emoção e aplausos pelas ruas e na grande plateia do Carreiródromo. “Este acontecimento é uma expressão legítima de fé e faz parte da história de Trindade e o povo que não tem história, que não promove a sua história é um povo sem vida, morto”. O carro que desfila com a imagem do Divino é conhecido um ano antes, por sorteio. Feliz estava José Sinhá, fazendeiro do município de Mossâmedes (GO), que tem 16 anos de romaria e foi contemplado por duas vezes a transportar a imagem do Pai Eterno.

Neste ano, 323 carros de bois desfilaram na romaria. Com produção e estrutura de alto nível, equipe treinada, uniformizada, o evento foi apresentado por Warley Lopes e pelo DJ country Rogério Magalhães. Uma lembrança do Divino Pai Eterno foi entregue a cada carro participante. “É o primeiro ano que venho e saio daqui maravilhada com este espetáculo, que precisa de maior difusão no mundo”, destacou Delsuíta Freitas Santos, mãe do comandante-geral da Polícia Militar do Estado de Goiás, coronel Silvio Benedito Alves.

Presente ao evento, o comandante tenente-coronel PM Paulo Henrique Segato, responsável pelo plano estratégico de segurança da romaria, ressaltou que apenas pequenas e poucas ocorrências tinham acontecido na festa 2015 do Divino Pai Eterno, iniciada no dia 26 de junho. Cerca de 4,5 mil homens da PM, da Polícia Rodoviária, da Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros atuaram na cidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.