Acreditando em decisão justa no TRE, Jânio Darrot recebe visita de vereadores trindadenses

Legislativo em peso abraça causa do prefeito, que está confiante no sucesso de julgamento de ação movida pelo MPF

Vereadores vão até o gabinete de Jânio Darrot para expressar apoio e solidariedade ao prefeito

Fábio PH
Especial para o Jornal Opção

Em reunião cheia de muita emoção, realizada na quinta-feira, 1º, no gabinete do prefeito de Trindade, Jânio Darrot (PSDB), 15 dos 16 vereadores da Câmara de Trindade usaram a palavra de fé em um resultado positivo, favorável ao gestor, que junto com o vice-prefeito Gleysson Cabriny (PSDB), também presente, atravessam processo abaixo especificado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Confiante, tranquilo, acreditando em um julgamento justo, Jânio falou da sua gestão à frente da Prefeitura de Trindade, que desde o início se pautou de forma honesta, transparente, para satisfazer a população em todos os setores do governo; citou as grandes realizações em Saúde, Educação, Infraestrutura e também em Assistência Social – pasta que motivou o processo. Defendeu-se, alegando que esteve no evento em Caldas Novas atendendo pedido da esposa Dairdes. “Sua presença lá os tornará ainda mais felizes”, segundo argumento dela; que apenas almoçou lá e não fez uso da palavra no local e comparou o ato, pelo qual está sendo julgado, à sua visitação aos muitos bairros que pavimentou no ano eleitoral e neles esteve vistoriando as obras.

O presidente da Câmara, vereador Hélio Braz (PSDB) disse acreditar na vitória e no julgamento favorável ao prefeito e a seu vice. “Torcemos para que a Justiça não interrompa o trabalho de um dos homens mais respeitados e queridos de Trindade; uma das grandes revelações da política goiana, elogiado por muitos, como um dos melhores prefeitos do Brasil, por seus grandes feitos em favor do povo, principalmente dos mais necessitados. Ações competentes, arrojadas, pautadas na ética, na probidade e na retidão”, destacou Hélio.

Além de Hélio Braz, estiveram presentes os vereadores Mardem Junior (PP), Weslley Cabeção (PMDB), Johnatan Reis (PR), Agnelson Alves (PV), Felinho (PP), Aninha (SD), Jeann Carlos (PRTB), Fernandinho (PPL), Pastor Alcione (PRB), Pastor Zeca (PHS), Dona Irani (PMDB), Renato do Mercado (PDT), João Piqui (PTB) e Márcia do Edmilson (PTB).

Entenda o processo
Na segunda-feira, 29, no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), em Goiânia, aconteceu sessão de julgamento e na pauta estava uma ação movida pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) contra o prefeito de Trindade, Jânio Darrot (PSDB), o vice-prefeito Gleysson Cabriny e a secretária de Assistência Social, Gerúsia de Paiva. No dia 20 de abril de 2016, a Secretaria Municipal de Assistência Social realizou passeio com idosos da “Capital da Fé” ao Clube Lagoa Quente, em Caldas Novas. O MPE viu na iniciativa infrações à legislação eleitoral vigente, como propaganda eleitoral extemporânea e antecipada e foram feitos pedidos de inelegibilidade, de cassação do diploma e de registro da chapa.

Na sessão mencionada, houve sustentações orais pelo advogado de defesa e pelo procurador regional eleitoral. O juiz relator da ação, Abel Cardoso Morais, deu provimento ao recurso do MPE, o que pode terminar em cassação da chapa Jânio-Cabriny, além de multa inclusive para a secretária municipal de Assistência Social. No entanto, houve pedido de vistas do processo pelo juiz Luciano Hanna, provocando a suspensão do julgamento para as vistas dos autos, solicitada pelo magistrado. O processo está previsto para ser julgado na próxima semana.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.