O senador Vanderlan Cardoso assume o comando estadual do PSD nesta semana. Na quarta-feira, 31, termina o mandato de Vilmar Rocha. Como adiantado pelo Jornal Opção, a direção nacional optou pela renovação da direção partidária.

Para a vice-presidência, o nome mais cotado é o do deputado federal Ismael Alexandrino.

Não se sabe se Vilmar Rocha integrará a direção como secretário-geral, tesoureiro ou outro cargo. De acordo com um ex-auxiliar, Vilmar chegou a ser convidado para o cargo de vice, mas não quis assumir.

Em entrevista recente, Ismael Alexandrino concordou com a renovação. “O partido precisa de oxigenação. O presidente Vilmar está já há um bom tempo”, argumentou. Em 2020, o senador Vanderlan tentou assumir a presidência quando se filiou ao PSD. Atualmente, Vanderlan é presidente da segunda mais importante comissão do Senado, a de Assuntos Econômicos (CAE).

Vanderlan já disse que sua principal meta na presidência do PSD será formatar chapas competitivas e lançar candidatos próprios em todo o Estado nas eleições municipais. Na capital, ele é o nome do partido para 2024.

Ismael Alexandrino é vice-líder do bloco MDB, PSD, Republicanos, Podemos e PSC na Câmara dos Deputados. Esse bloco conta com 142 parlamentares e funciona com uma espécie de partido gigante. É praticamente uma espécie de novo Centrão.

Gestão de Vilmar Rocha
Na presidência do partido, Vilmar conseguiu eleger: um deputado federal, Ismael Alexandrino (PSD) – e na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) dois: Cairo Salim (PSD) e Wilde Cambão (PSD). Vilmar ainda se tornou aliado de primeira hora do governador Ronaldo Caiado, que mesmo sabendo da renovação nos quadros da sigla nomeou o ex-deputado estadual Francisco Júnior para a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás (Codego).

Relações com o governo estadual
Nos bastidores, havia a conversa é de que Vanderlan pudesse ser pouco confiável. Ele disputou a prefeitura de Goiânia com o apoio de Caiado em 2020, mas dois anos depois apoiou Major Vitor Hugo (PL) e Wilder Morais (PL). Como a política é fluida, no último final de semana, Wilder Morais esteve em palanque das Cavalhadas ao lado de Caiado. Interlocutores afirmam que os dois tem se relacionado bem. Outro vínculo que parece ter sido estremecido foi com o ex-secretário de saúde Ismael Alexandrino que fez dobradinha com Marconi Perillo (PSDB) em Palmeiras de Goiás.