A Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Rurais (DERCR), cumpre seis mandados de busca e apreensão e três de prisão, em Goiânia, Trindade e Goianira. Dos três investigados, somente um foi localizado e preso até a manhã desta segunda-feira, 15. O crime aconteceu no dia 28 de outubro, em Uruaçu, Goiás.  

No dia do ocorrido, os indivíduos armados e encapuzados renderam o caseiro da fazenda e roubaram do local R$ 2 mil em espécie, uma motocicleta, uma motosserra e diversos itens eletrônicos, dentre os quais o celular avaliado em R$ 1.500. No decorrer das investigações, foi identificado que os autores do crime haviam repassado o celular para um mulher moradora do Setor Jardim das Rosas, em Goiânia.

Em seguida, foi identificado o local em que a receptadora morava e durante abordagem o celular foi localizado e apreendido em seu poder. Durante a Operação Padrão, a mulher foi autuada em flagrante por receptação e presa no dia 5 de dezembro.

“Esses indivíduos saíram aqui da região metropolitana de Goiânia, possivelmente com acesso à informações privilegiadas talvez repassadas por alguém de lá [Uruaçu]. Armados, dominaram o caseiro, amarram ele e efetuaram o roubo. Depois disso foi iniciada a investigação e nós conseguimos identificar os três suspeitos” explicou o delegado Álvares Lins.

De acordo com o delegado, foram recuperados: o celular, a motocicleta, a televisão e os demais objetos. As investigações apontaram um dos suspeitos participando efetivamente do crime e os outros supostamente repassando informações.

Os três investigados vão responder por roubo qualificado, cuja pena pode chegar até 15 anos de prisão. Como a identidade dos investigados não foi divulgada, a reportagem não conseguiu localizar suas defesas.