Domingo, 29, é o Dia Nacional da Visibilidade Trans. Uma data para promover os direitos e combater o preconceito, além de celebrar a diversidade e avanços conquistados, como ter direito ao nome social. Confira a entrevista que a psicóloga e ativista trans Beth Fernandes, presidente da ONG Astral e integrante do Conselho Municipal de Direitos da Mulher concedeu ao Opção Play para falar sobre a data e ações realizadas durante a semana.

Beth afirmou que a data é muito significativa para a luta de travestis e de transexuais por direitos, pelo reconhecimento de suas pautas e de suas identidades, além de visibilizar a vida de pessoas trans. “É preciso que as pessoas enxerguem a realidade cruel que muitas vezes afasta pessoas trans do ambiente educacional ou de trabalho, afetando sua qualidade de vida e refletindo, infelizmente, em altos índices de mutilações e de violência”, confira.

Assista: