Muntchako mistura groove latino e afrobeat instrumental em Goiânia

A banda traz para os palcos do Centro Cultural da UFG golpes precisos de guitarras, batidas eletrônicas e sintetizadores aliados a uma energia hipnótica de bom humor. O show é nesta terça

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A banda Muntchako vem da capital brasileira para os palcos goianos a fim de balançar a festa La Bomba Latina com o melhor do som multiétnico, numa mistura de groove latino e afrobeat instrumental. Formado pelos músicos Samuel Mota (guitarra, synths e programações), Rodrigo Barata (bateria e samplers) e Macaxeira Acioli (percussão e samplers), o grupo se apresenta, gratuitamente, no Centro Cultural da Universidade Federal de Goiás (CCUFG), na noite da terça-feira, 5 de julho.
O trio já lançou dois singles, os quais caíram no gosto dos brasilienses e tem conquistado o Brasil. “Cardume de Volume” conta com a participação especial da funkeira carioca Deize Tigrona; e “Coqueirinho Verde” foi gravada pela Cafofo Records. O Muntchako participou da coletânea “As Melhores Bandas do Mundo”, que comemorou os 20 anos da companhia teatral “Os Melhores do Mundo”, e lista ao lado do Móveis Coloniais de Acaju, Raimundos, Autoramas, Plebe Rude, dentre outros.
A banda se prepara para lançar o seu primeiro disco em vinil, que terá a produção musical de Curumin e capa ilustrada pelo mestre dos rabiscos Shiko. “O Muntchako treme na periferia de Belém, mama no forró paraibano, suinga no ska jamaicano, rebola na latinidade, faz cara de mal no rock, sensualiza no tango, sobe o morro do baile funk e afunda o pé na discoteca”, diz o percussionista.

Serviço
La Bomba Latina apresenta Muntchako
Local: Centro Cultural UFG
Data: terça-feira, 5 de julho
Horário: 20h
Entrada gratuita

Deixe um comentário