Mesmo Delivery ganha edição comemorativa de dez anos e já estamos ansiosos

Talentoso quadrinista brasileiro relança obra, mas também terá trabalho inédito no fim do ano

Francisco Costa

Especial para o Jornal Opção

Eu tenho a edição da HQ Mesmo Delivery, do brasileiro Rafael Grampá, pela Desiderata, lançada em agosto de 2008. O material é lindo, uma arte, realmente, de cair o queixo. O artista é um talento. Um monstro.

Imagine, então, minha surpresa ao ver um dia desses, em seu Instagram (sim, eu o sigo), um anúncio de lançamento de uma edição comemorativa de dez anos da obra.

“Tenho o orgulho de anunciar que a Editora Mino lançará no Brasil a edição comemorativa de 10 anos da Mesmo Delivery! Uma edição definitiva de luxo, capa dura em formato gigante com textos complementares, entrevista e trechos do meu sketchbook que vão expor as minúcias inéditas do processo criativo da HQ. E não esquecendo do maravilhoso quote de capa do meu querido Keanu Reeves”, escreveu Grampá.

E sim, tem uma citação do ator Keanu Reeves na capa: “Mesmo Delivery. Rafael Grampá. Uma revelação.” É só isso, mas é legal pra caramba.

História

“Um imitador de concursos de Elvis e um ex-boxeador se encontram pela primeira vez num caminhão. O trabalho dos dois é transportar uma misteriosa carga para a empresa Mesmo Delivery. Quando estacionam num velho posto de gasolina no meio do nada para abastecer, o que deveria ser apenas uma parada se transforma num pesadelo.”

A sinopse e a história são só isso, mesmo. O título original tem 52 páginas e história é bem curtinha. O enredo é simples, mas a arte é tão primorosa, com posições de quadros tão maravilhosos que, sinceramente, nem precisa de história – mas que bom que tem.

Essa nova versão está em pré-venda e traz um pouco mais (de extras). Serão 88 páginas e como já dito terão sketches, entrevistas e mais, além de uma edição luxuosa em capa dura que, durante a composição desse texto, estava em R$ 71,90, sendo que o preço original é de R$ 89,90.

Grampá

Esta é a primeira obra do quadrinista vencedor Eisner (o Oscar dos quadrinhos), R. Grampá. Atualmente, o autor trabalha com lendário Frank Miller, criador de Batman: O Cavaleiro das Trevas, em uma história relacionada a esta obra, mas que foca no filho mais novo do Superman, Jonathan Kent. Esta obra, inclusive, se passa três anos após a conclusão de Cavaleiro das Trevas III e se chamará The Dark Knight Returns: The Golden Child (Cavaleiro das Trevas Ressurge: A Criança Dourada em tradução livre). O título terá 48 páginas e sairá em 11 de dezembro, nos Estados Unidos.

Apesar do grande talento, Grampá produziu bem menos do que gostaríamos – até porque, ele sempre esteve envolvido em outros tantos projetos, não necessariamente da nona arte. Vale destacar uma participação especial na HQ de John Constantine, Hellblazer #250 (roteiro de Brian Azzarello); a história Dear Logan, em Strange Tales II #1; e Batman: Black and White v2 #2. Estas foram lançadas, nos EUA, respectivamente, em 2009, 2010 e 2013.

Além disso, ele produziu uma série de capas para histórias em quadrinhos no decorrer dos anos. Então, se vai ter história nova dele (Cavaleiro das Trevas Retorna) ou se vão relançar uma antiga (Mesmo Delivery) é melhor aproveitar e garantir as duas.

Francisco Costa é jornalista e quadrinista.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.