Foto encontrada em arquivo pode ter sido a última de Machado de Assis

Trata-se de uma foto publicada pela revista argentina Caras y Caretas, em sua edição de 486, 25 de janeiro de 1908

O pesquisador Felipe Rissato pode ter encontrado por acaso uma verdadeira relíquia. Trata-se de uma foto publicada pela revista argentina Caras y Caretas, em sua edição de 486, 25 de janeiro de 1908. A imagem pode ter sido o último registro do escritor Machado de Assis em vida. Veja:

Machado de Assis na revista argentina ‘Caras y Caretas’, de 25 de janeiro de 1908(Foto: Caras y Caretas/Hemeroteca Digital da Biblioteca Nacional de España)

A foto, até então inédita, foi encontrada no site da Hemeroteca Digital da Biblioteca Nacional de España. A última foto de que se tinha registro de Machado de Assis era uma imagem de 1907 em que aparecia, de costas, tendo um ataque epilético no banco da Praça XV, no Rio de Janeiro.

Há oficialmente 38 registros catalogados do escritor, autor de “Memórias póstumas de Brás Cubas” e “Dom Casmurro”. O conjunto apareceu reunido pela primeira vez em dezembro de 2016, na “Revista Brasileira”, publicação da ABL.

Raridade
Essa não é a primeira vez que o pesquisador descobre raridades de Machado de Assis. Há dois anos, Rissato descobriu a única imagem de Machado presidindo uma sessão da ABL, em 1905. No ano passado, encontrou outra foto, tirada em 1880 no estúdio de Isnley Pacheco -o fotógrafo oficial do imperador Dom Pedro 2º e sua família.

Machado de Assis (em destaque sob a seta) presidindo uma sessão da ABL, em 31 de outubro de 1905 | Foto: Divulgação

Machado de Assis morreu 29 de setembro de 1908, aos 69 anos. Teve intensa atividade até os seus últimos dias e era bastante popular, sendo sempre chamado para importantes eventos sociais. Na avaliação do pesquisador, é provável que o registro tenha sido feito poucos meses antes, três meses finais de 1907 ou mesmo de janeiro de 1908.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.