Escritor como personagem (5): Balzac — Escritor em fuga, de Elias Antunes

Graças a Deus Honoré não possuía um cachorro, senão denunciaria seu dono aos credores. Ou, ainda pior, esse populacho passaria a chamá-lo: Balzac Junior

(O que pode acontecer quando aqueles que escrevem literatura se tornam eles mesmos literatura? Literalmente, tudo. Explorar essas múltiplas possibilidades é a proposta dessa série de contos publicados pelo Jornal Opção, com o apoio do escritor e doutor em História Ademir Luiz, presidente da União Brasileira de Escritores-Seção Goiás. Veremos transformados em personagens escritores e escritoras célebres como Clarice Lispector, Albert Camus, Guimarães Rosa, Machado de Assis, Edgar Allan Poe e muitos outros. Acompanhe a série e espere pela aparição de seu escritor preferido.)

Balzac — Escritor em fuga

Elias Antunes

— Abra logo, caloteiro!

O barulho chamou-me a atenção. Era o alfaiate esmurrando a porta do Honoré.

Conheço Honoré de algum tempo. Maluco e megalomaníaco, como todo bom escritor. Não sei como conseguiu escapar. Acho que rasgou sua roupa (de novo).

Prossegui meu caminho. Poderia ajudá-lo a pagar suas dívidas, mas meu amigo parecia um poço sem fundo, pródigo que era.

— Psiu! Não diga a ninguém que estou aqui, disse Honoré.

Levei um susto. Pensei ter descoberto um arbusto falante, porém era apenas Honoré escondendo-se do credor.

— Traga-me um pouco de café. Preciso terminar mais um romance. Vou ganhar muita grana com ele, disse Honoré, esforçando-se para parecer invisível.

Assenti com a cabeça. Era pouco o que ele pedia. Mais tarde traria o café. Honoré já se transformara em um animal noturno, pensei.

Caminhei para longe.

Ninguém imaginara que aquele rapaz fosse uma máquina de escrever. E um gênio.

Graças a Deus Honoré não possuía um cachorro, senão denunciaria seu dono aos credores. Ou, ainda pior, esse populacho passaria a chamá-lo: Balzac Junior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.