Bibliofuscoteca realiza lançamentos itinerantes de livros durante a pandemia

O próximo livro a ser lançado de forma itinerante pelo Bibliofuscoteca é o “Nanocantos”, de Wiltom J., no final do mês de outubro

Thaise Monteiro

O Bibliofuscoteca é uma biblioteca/livraria itinerante montada em um fusca 1970. É um projeto da Cia de Arte Poesia que Gira, idealizado por mim.

Com objetivo de incentivar a leitura e democratizar o livro, o fusquinha já participou de vários eventos e já passou por várias cidades do interior, além da capital goiana, como Pirenópolis, Goiás, Piracanjuba e Aparecida de Goiânia, vendendo, trocando e distribuindo livros gratuitamente. O dinheiro que resulta das vendas tem a finalidade de contribuir com a manutenção do fusca e do projeto, que funciona apenas com a ajuda de parceiros.

O Fusca foi adaptado para receber livros, tanto a sua parte dianteira, onde fica o porta-malas do veículo, quanto o seu interior e a parte traseira, onde foi instalado um engate que puxa uma carreta que se transforma em mesa para a exposição dos livros.

Lançamentos itinerantes na pandemia

O projeto, que teve início em 2019, precisou se adaptar em função da Pandemia de Covid-19 e a necessidade do isolamento social. Com a impossibilidade de participar de eventos e aglomerar pessoas, passou a realizar lançamentos de livros de autores goianos que também não puderam fazer festas para lançar as suas obras. Foi assim que o Bibliofuscoteca se deslocou até a porta da casa dos leitores entregando e vendendo livros.

Foram lançados os livros “A casa da Rua 1013”, de minha autoria, “Sentimentos Carimbados”, de Tarsilla Couto de Brito, “Pretérita e imperfeita”, de Yani Rebouças, “O Mundo Novo da Luluca”, de Micheline Lage, e “À Moda de 22”, de minha autoria e de Jamesson Buarque. O projeto está aberto à autores para contribuir com a circulação e venda de suas obras.

Próximos lançamentos e exposições

O próximo livro a ser lançado de forma itinerante pelo Bibliofuscoteca é o “Nanocantos”, de Wiltom J., no final do mês de outubro. Também em outubro, o fusquinha será exposto em Corumbá e retornará a Pirenópolis. Acompanhe as redes sociais do bibliofuscoteca e visite-o assim que ele passar por perto.

Thaise Monteiro é escritora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.