A Universidade Federal de Goiás (UFG) divulgou nota onde lamenta profundamente a morte do estudante Norberto Tseredawa Tseredze Tsare, de 39 anos, do curso de Educação Intercultural Indígena.

A Secretaria de Promoção da Segurança e Direitos Humanos (SDH/UFG) está acompanhando os trâmites junto aos órgãos competentes. Ainda não há informações sobre a causa da morte. Amigos e familiares aguardam a liberação do corpo para leva-lo a sua aldeia.

A UFG se solidariza com os familiares, estudantes e professores do curso de Educação Intercultural Indígena e está se mobilizando para atender a todas as providências necessárias para os atos fúnebres e translado à sua aldeia indígena no Mato Grosso.

Leia também:

“Oportunidade única de conhecer essa cultura diversa e rica”, explica o professor Alexandre Herbetta sobre a revista indígena Pihhy