Morreu nesta sexta-feira, 06, o produtor cultural e coordenador da Parada LGBTQIA+ de Goiânia, Thiago Henrique, aos 30 anos. Ele estava lutando contra um câncer, mas teve Covid-19 durante o tratamento e não resistiu. Segundo familiares, não haverá velório e o sepultamento ocorrerá às 10h, em Santo Antônio de Goiás. 

Pelas redes sociais, diversas pessoas lamentaram a morte do produtor cultural, incluindo a deputada federal Adriana Accorsi. “Foi com profunda tristeza que recebi a notícia da morte do querido Thiago Henrique”, disse a parlamentar eleita.

“Afetuoso, motivado, lutador, meigo, Thiago foi coordenador da última Parada LGBTQIA+ de Goiania”, disse o policial rodoviário federal Fabrício Rosa, suplente para deputado estadual. “Sua morte é uma grande perda para os amigos e uma enorme perda política para o movimento LGBTQIA+ de Goiás”, completou.