O deputado federal bolsonarista Nikolas Ferreira (PL-MG) foi condenado pela Justiça do Distrito Federal a custear os honorários advocatícios em uma ação dele contra a senadora Eliziane Gama (PSD-MA). O parlamentar terá que pagar R$ 2 mil das custas do processo.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, nesta quinta-feira, 28, o juiz da 20ª Vara Federal Cível da Seção Judiciária extinguiu a ação do Nikolas por informações sem “fundamento”.

O deputado acionou o tribunal para que Gama fosse intimada para apresentar documentos e comprovantes bancários de pagamentos realizados a cinco blogs de notícias. Nikolas acusou que as mídias eram remuneradas com verbas da cota do gabinete da senadora. Para ele, o procedimento judicial seria necessário para rastrear as “supostas irregularidades” de Eliziane Gama.

Ativo nas redes sociasi, por enquanto, Nikolas não se manifestou por nenhum canal.

Leia também: Após caso Jéssica Vitória, ‘Choquei’ anuncia que está num “profundo processo de reavaliação interna”
Gustavo Gayer é condenado por assédio eleitoral e terá que pagar indenização de R$ 80 mil