O desembargador Ivo Favaro determinou nesta sexta-feira, 11, a soltura de Maurício Sampaio, condenado por ser o mandante do crime, que tirou a vida do radialista Valério Luiz, em 2012. A liberação acontece dois dias após Sampaio ser condenado a 16 anos de prisão.

A defesa de Maurício conseguiu habeas corpus em caráter de efeito imediato. Outra tentativa já tinha acontecido no último dia de julgamento. O desembargador que proferiu a soltura explica que a Constituição veda execução imediata da condenação decidida pelo Tribunal do Júri. O Ministério Público de Goiás disse que ainda não foi informado da decisão.