Quais jogadores dos atuais elencos de Brasil e Alemanha estavam no 7 a 1?

Primeiro encontro entre as seleções depois da semifinal de 2014 acontece nesta terça-feira (27) em Berlim

Volante Fernandinho era o camisa 5 naquele fatídico 8 de julho de 2014 | Foto: Jefferson Bernardes/VIPCOMM

Brasil e Alemanha se enfrentam pela primeira vez após o 7 a 1 nesta terça-feira (27/3). Quase quatro anos depois, algumas coisas mudaram. Há jogadores perderam espaço, enquanto outros ganharam.

Do lado brasileiro, começaram a semifinal da Copa de 2014 como titulares Julio Cesar, Maicon, David Luiz, Dante (“conhece os caras”), Marcelo, Luiz Gustavo, Fernandinho, Oscar, Hulk, Bernard (“alegria nas pernas” e “está acostumado com o Mineirão”) e Fred.

Entraram durante a partida Paulinho, Ramires e William nos lugares de Fernandinho, Hulk e Fred, respectivamente. Neymar estava machucado e Thiago Silva, suspenso.

Dos que jogaram o 7 a 1, apenas Marcelo, Paulinho, Fernandinho e William vão estar no amistoso em Berlim. Thiago Silva e Daniel Alves, que fazia parte do elenco de 2014 mas ficou no banco, também vão entrar em campo amanhã — o último, inclusive, como capitão.

O caso que mais chama atenção talvez seja o de Fernandinho, considerado um dos vilões daquele fatídico dia. Hoje está consolidado no meio-campo do Manchester City e é um dos queridinhos de Pep Guardiola. No amistoso contra Alemanha, vai substituir Neymar, que, mais uma vez, está machucado.

Do lado alemão, a escalação do 7 a 1 foi a seguinte: Neuer, Lahm, Boateng, Hummels, Höwedes, Khedira, Schweinsteiger, Kroos, Özil, Müller e Klose. Entraram Mertesacker, Draxler e Schürrle para as respectivas saídas de Hummels, Khedira e Klose.

O técnico Joachim Löw ainda não confirmou os 11 para a partida contra o Brasil, mas devem jogar apenas Boateng, Hummels e Kroos. Özil e Müller, que foram convocados, receberam dispensa. Khedira é dúvida e Draxler deve começar como reserva.*

Independentemente do resultado, o mais importante é não encarar o jogo como revanche. Isso só seria possível caso Brasil e Alemanha se enfrentassem em uma semifinal de Copa do Mundo na casa dos alemães e a seleção brasileira vencesse por 7 a 1.

*Hummels e Khedira começam no banco e Draxler como titular (atualizado em 27/03, às 15h38)

Deixe um comentário