Com informações de Eduardo Marques

O deputado estadual reeleito Bruno Peixoto (União Brasil) disse nesta segunda-feira, 19, que a expectativa é que a base do Governo tenha 33 parlamentares na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego). O comentário foi feito durante a cerimônia de diplomação dos candidatos eleitos, realizada pelo Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO). 

Além de se colocar à disposição para ser o nome de Ronaldo Caiado (União Brasil) nas eleições para presidente da Alego, Peixoto ainda falou sobre outros aliados que podem disputar o cargo. “Nós temos vários nomes que são capacitados para assumir a presidência”, disse o parlamentar que vai para o seu quarto mandato consecutivo como deputado estadual.

O primeiro citado foi Virmondes Cruvinel (União Brasil), no qual ele classificou como “excelente nome”. Do mesmo partido, Cruvinel é formado em direito pela Universidade Federal de Goiás (UFG) e irá para o segundo mandato na Alego.

Peixoto também comentou sobre o ex-vice-governador Lincoln Tejota (União Brasil), eleito novamente como deputado estadual, cargo que esteve entre 2011 e 2018. Além de Renato de Castro (MDB), ex-prefeito de Goianésia e que também retornará para a Assembleia para mais um mandato como parlamentar. 

Independente de quem for escolhido, Bruno Peixoto prometeu que seguirá apoiando Ronaldo Caiado. “O candidato que o nosso governador escolher, a posição que ele me aconselhar, ali estarei, no intuito de sempre cuidar do nosso Estado de Goiás. Esse é sempre o nosso propósito”, disse o político de 48 anos.