Cerca de 6 mil famílias goianienses têm direito a tarifa social, mas ainda não fizeram a solicitação do benefício social que concede subsídio de 50% nas contas da Saneago. Os dados são da Prefeitura de Goiânia. O programa é voltado, exclusivamente, para imóveis residenciais. De acordo com o Executivo, mais de 7,8 mil famílias já aderiram ao benefício.

Segundo o presidente da Agência de Regulação de Goiânia (AR), Hudson Rodrigues de Novais, podem fazer inscrição todas as pessoas inscritas e que estiverem com a situação ativa no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cadúnico). Elas também devem se encaixar na faixa de extrema pobreza, ter o consumo mensal de 20 metros cúbicos de água e estar com a titularidade ativa na conta de água.

“Esse benefício já está assegurado junto à Saneago. Então, estamos alertando as pessoas que procurem a Companhia e façam adesão ao programa, que garante o acesso aos serviços essenciais de abastecimento de água e esgoto por um preço mais acessível”, ressalta o presidente.

Veja como fazer o cadastro

Para isso, o interessado deve entrar em contato com a Central de Relacionamento da Saneago pelo telefone 0800 645 0115 ou ir presencialmente, mediante agendamento, em uma unidade do Vapt Vupt. Caso a solicitação seja feita pelo titular da conta, basta apresentar os documentos pessoais, conta de água e o comprovante de inscrição do CadÚnico.

Caso a conta esteja no nome de terceiros, é necessário fazer a alteração a titularidade de conta e, além dos documentos já citados, apresentar a documentação que comprovem posse do vínculo do imóvel. A Saneago é a responsável por fazer a análise dos documentos e, caso tudo esteja regular, concederá o desconto na conta.

Caso o interessado não esteja cadastrado no CadÚnico, é necessário ir até um dos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) ou Núcleos de Assistência Social (NAS) da capital e fazer a inscrição.