Em meio a rumores de uma possível mudança de partido, incluindo especulações para se filiar ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB), o presidente da Câmara Municipal de Goiânia, vereador Romário Policarpo, afirmou que segue firme no partido Patriota. Em entrevista para o Jornal Opção, o líder da Casa de Leis da capital deixou claro que está satisfeito com a legenda. Fora que elogiou o líder estadual da sigla, Jorcelino Braga.

“Continuo firme no Patriota”, frisou Policarpo, após a sessão desta quinta-feira na Câmara de Goiânia. “Não tenho intenção alguma de deixar o Jorcelino Braga, ele me orienta politicamente e é uma das pessoas que eu mais ouço. Atualmente, eu me sinto muito bem representado pelo meu presidente estadual”, completou.

Com a permanência garantida no presente, Policarpo deixou claro que qualquer eventual possibilidade de mudança de partido seria uma decisão conversada com o Braga. “Para o futuro, tudo depende e pertence a Deus. Mas, eu vou ouvir ele (Braga) antes de tomar qualquer decisão tão grande na minha vida política”, explicou o parlamentar.

MDB

Com o assunto de mudança de partido em pauta, o presidente da Casa ainda comentou sobre a saída de Gustavo Mendanha do Patriota. Destacando que o MDB é a “casa” do ex-prefeito de Aparecida de Goiânia. Segundo o vereador, o agora ex-colega de partido é um dos “grandes líderes políticos que Goiás revelou”.

“Particularmente, fico feliz com o retorno do Mendanha ao MDB porque ele tem uma história muito bonita construída lá desde o pai dele (Léo Mendanha). Acho esse retorno muito importante e desejo muito sucesso para ele nessa volta porque sei que está preparado para ajudar o estado de Goiás. Também tenho certeza que o governador Ronaldo Caiado (União Brasil) saberá utilizá-lo da melhor forma possível para conduzir o nosso estado, precisamos muito de união”, explicou Policarpo.

Outro ponto ressaltado pelo líder da Câmara foi a ligação entre Mendanha e Daniel Vilela. “Os dois possuem uma ligação muito forte e eu fico feliz de ver eles conversando porque não tenho dúvida que eles são o futuro de Goiás. Acho muito importante que estejam juntos”, pontuou.