O prefeito Rogério, acompanhado do governador Ronaldo Caiado e do ministro dos Esportes, André Fufuca, entregou os troféus para as equipes campeãs da etapa goiana da Taça das Favelas, neste sábado, 18, no Estádio Antônio Aciolly, em Goiânia.

As equipes Orlando de Moraes (masculino) e Gentil Meireles (feminino) se sagraram campeãs e representarão o estado de Goiás na fase nacional do torneio. O evento é a maior competição entre comunidades do mundo, com a participação de 25 mil atletas em todo o país.

“A Cufa Goiás tem sido uma grande parceira para que possamos honrar nosso compromisso com os jovens de todos os bairros de Goiânia e oferecer a oportunidade de participar de um campeonato do nível da Taça das Favelas. Esse é um momento importante para Goiânia, uma oportunidade de lazer e de qualidade de vida para os jovens e suas famílias”, disse o prefeito Rogério.

O governador Ronaldo Caiado citou a importância de investimentos no esportes e recordou que, assim como na gestão do prefeito Rogério, o governo estadual também tem uma secretaria dedicada aos esportes. “Além de criar a pasta, fizemos várias ações”, lembrou, assim como tem sido feito na gestão da Capital.

O Ministro dos Esportes, André Fufuca, ressaltou a importância de Goiânia ser uma das sedes da competição neste ano e a grandiosidade do evento. “É um prazer estar na final goiana deste evento que é um dos maiores do país, a Taça das Favelas. Para que tenham noção, são mais de 25 mil pessoas em todo o país que participam deste campeonato”, disse o ministro.

O secretário Municipal dos Esportes, Danilo Rabelo, ressaltou que depois de dez anos sem existir com estrutura própria, os investimentos cresceram na gestão do prefeito Rogério. “Nunca se investiu tanto no esporte como nos últimos três anos. Nós ficamos dez anos sem uma secretaria e, graças à visão do prefeito Rogério, nós retomamos os trabalhos com a recriação da pasta. No último ano conseguimos investir R$ 20 milhões no esporte em Goiânia”, avaliou o auxiliar.

Parceria

A Taça das Favelas Goiás 2023 é organizada pela Cufa Goiás (Central Única das Favelas) e tem o apoio da Prefeitura de Goiânia, uma das sedes da competição neste ano. O prefeito Rogério inclusive intermediou e trabalhou para assegurar que a final pudesse ser realizada no campo do Atlético Goianiense.

De acordo com o presidente da Cufa-GO, Breno Cardoso, o evento é uma oportunidade de gerar protagonismo para a periferia. “Tem muita gente com potencial e que muitas vezes está escondido. A gente sabe que não são democratizadas as mesmas oportunidades. Por isso quero agradecer o prefeito Rogério por apoiar a Taça das Favelas e fazer com que a gente consiga entregar hoje a taça com o estádio lotado, com milhares de pessoas prestigiando os talentos da periferia, porque são desses lugares que saem os maiores desportistas do nosso país”, afirmou.

Campeões

Na categoria feminina, a equipe Gentil Meireles (Goiânia) venceu o Monte Azul (Senador Canedo) pelo placar de 7×1. Já na categoria masculina, Orlando de Moraes (Goiânia) se sagrou bi-campeão da modalidade na partida contra Quilombola Boa Nova (Professor Jamil), por 4×1. Os campeões da etapa estadual irão representar Goiás na etapa nacional da competição.