O plenário da Câmara Municipal de Goiânia aprovou em primeira votação, por unanimidade, nesta quarta-feira, 14, o projeto de lei nº 414/2022, que autoriza o Legislativo goianiense a realizar concurso público para preencher vagas do quadro permanente de servidores. Os novos cargos irão suprir as necessidades da Diretoria de Tecnologia da Informação, da TV Câmara e do Serviço Especializado em Segurança e Medicina do Trabalho (Sesmt).

Segundo a proposta, ao todo, serão criadas 22 novas vagas, sendo 15 de nível médio e 7 de nível superior. Com a realização do concurso, a Câmara busca atender a demanda de profissionais de nível técnico necessários após a reestruturação da TV Câmara e repor vagas de servidores que se aposentaram ou pediram exoneração nos diversos departamentos da Casa.

“O projeto de lei desse novo concurso representa o nosso compromisso com a ampliação do quadro de servidores permanentes da Câmara Municipal de Goiânia. No ano passado, já havíamos concluímos o concurso realizado na última legislatura (2017-2020). Esse novo certame vai reforçar o nosso quadro de pessoal efetivo que trabalha, direta e indiretamente, nas atividades de divulgação das atividades do Poder Legislativo, dando mais transparência à atuação dos vereadores”, ressaltou o presidente da Câmara, vereador Romário Policarpo (Patriota).

“Vamos reforçar as equipes da TV Câmara Goiânia, que recebeu investimentos em digitalização e atualização dos equipamentos, e da área de tecnologia da informação, responsável por nossas redes de dados, pelo Sistema Unificado de Administração Pública (Suap) e segurança de rede”, concluiu o presidente.

O acompanhamento e a programação das etapas necessárias à realização do concurso serão de responsabilidade da Comissão Permanente de Concurso Público e Estágio Probatório. A Comissão também é responsável pela fiscalização do certame e deverá iniciar o processo de escolha da instituição responsável por aplicar as provas assim que o projeto for aprovado em segundo turno.

Confira a relação de cargos:

Nível médio:

  • 4 vagas para cinegrafista;
  • 3 vagas para editor de vídeo;
  • 2 vagas para operador de caracteres;
  • 2 vagas para operador de switcher;
  • 2 vagas para técnico eletroeletrônico;
  • 2 vagas para técnico em telecomunicações.

Nível superior:

  • 1 vaga para analista de Suporte de Rede e Sistemas;
  • 2 vagas para arquivista;
  • 1 vaga para designer gráfico e de animação;
  • 1 vaga para médico do trabalho;
  • 2 vagas para tradutor e intérprete de libras.