*Com informações de Fabrício Vera

O governador Ronaldo Caiado entregou, na manhã desta sexta-feira, 24, Laboratórios de Tecnologia e Ambientes de Inovação da Escola do Futuro de Goiás (EFG) Luiz Rassi, localizada no Jardim Buriti Sereno, em Aparecida de Goiânia. Durante a cerimônia de anúncio, Caiado entregou ganha nove laboratórios e dois ambientes de inovação, estrutura que devem beneficiar mais de 90 mil pessoas de 20 bairros.

A entrega é resultado de parceria realizada com a Universidade Federal de Goiás (UFG), que, por meio da Fundação de Apoio à Pesquisa (FUNAPE), contribuiu para o funcionamento da nova instituição. “Isso foi uma proposta que começou há mais ou menos dois anos. Desse momento em diante, nós desenhamos uma parceria para que a universidade estivesse concebendo, do ponto de vista pedagógico, administrativo e operacional o funcionamento dessas Escolhas do Futuro, e também dos Cotecs”, explicou o ex-reitor da UFG, Edward Madureira.

Se por um lado a UFG cuida de toda a seleção de professores e estudantes, além de gerir a concepção pedagógica dos cursos ofertados, o governo estadual é responsável pelo investimento que permitiu a realização das obras. Foram R$ 5,9 milhões investidos na instituição, com recursos provenientes do Fundo de Proteção Social do Estado de Goiás (Protege). O investimento total, porém, é ainda maior.

“Nós investimos R$ 35 milhões em cinco unidades, dando oportunidade para as pessoas terem o que há de mais moderno”, explicou o governador, destacando especialmente o caráter de ensino público da nova escola, com custo zero para estudantes. “Estamos proporcionando a pessoas mais humildes e mais carentes oportunidades que só tinham aqueles que iam buscar ensino de forma particular, em escolas de renome no Brasil. Hoje ofertamos isso para cinco cidades do estado de Goiás, junto com a UFG”, destacou Caiado.

Ronaldo Caiado
Governador Ronaldo Caiado inaugurou unidade de Escola do Futuro em Aparecida de Goiânia | Foto: Fabrício Vera

O governador pontuou que, no novo espaço, será possível oferecer a estudantes o que há de mais sofisticado em áreas de tecnologia, inovação, criatividade, artes e ciência, por exemplo. “Tudo isso será cada vez mais ofertado a todas pessoas que quiserem fazer cursos, não só na forma de profissionalização, mas também em acompanhamento durante período escolar, para que se forme cada vez mais pessoas no momento em que estamos, diante de desafios”, pontuou.

O desafio em questão é a recuperação da educação do Estado que foi entregue, nas palavras de Caiado, em situação que “crianças não tinham uniforme, não tinham condições mínimas nas suas salas de aula não climatizadas e alimentação era péssima”. Diante disse, o governador destacou os avanços conquistados em sua gestão.

“Hoje vemos jovens uniformizados, orgulhosos das escolas que tem. Nós avançamos nos colégios de tempo integral e já atingimos a meta de 2025. Vejo como sendo o que sempre trabalhei para atingir: que nossas crianças, ao se tornarem adultas, sejam competitivas em qualquer região do país, com qualificação para ganhar sua própria vida com dignidade”, finalizou.

O ex-reitor da UFG também destacou a qualidade dos espaços entregues. “É de importância fundamental para o ensino goiano. A gente tem hoje uma estrutura laboratorial de ultima geração, que provavelmente existem poucas no país. O estudante que está na escola regular tem a possibilidade de se preparar para o trabalho de maneira contemporânea e sintonizada com as exigências que o mundo moderno traz”, explicou.