A Prefeitura de Goiânia anunciou nesta terça-feira, 18, por meio das redes sociais, um pacote de investimentos de R$ 1,7 bilhão. De acordo com a divulgação, o Programa Goiânia Adiante gastará um valor próximo do que foi investido na capital nos últimos dez anos (R$ 1,92 bilhão). Os recursos serão destinados para as áreas da educação, saúde e infraestrutura.

A maior parte do montante, cerca de R$ 1,4 bilhão, será destinada à infraestrutura, incluindo a construção de cinco complexos viários e onze pontes, além de iluminação pública em LED e conservação de monumentos. Fora recapeamento asfáltico, cobertura de buracos, pavimentação e drenagem em dez bairros.

Na área da saúde, a verba de R$ 144,2 milhões será utilizada principalmente em reformas e manutenção em Unidades de Saúde, junto da construção e reconstrução de 14 Unidades Modulares.

Por fim, nos R$ 140,5 milhões restantes para a educação, a Prefeitura pretende construir 20 novos Centros Municipais de Educação Infantil, dez quadras poliesportivas e reformar outras três escolas. Ao mesmo tempo que pretende financiar o programa Escola Viva com o objetivo de realizar manutenção periódica nas instituições educacionais.