A escritora mineira Adélia Prado foi contemplada com o Prêmio Machado de Assis 2024, considerado a honraria mais relevante da Academia Brasileira de Letras (ABL). A premiação reconhece a grande do conjunto da obra de escritores que se estabelecem e colaboram com a literatura do país. O agrado é de 100 mil reais. 

Somente aos 40 anos de idade, casada e com cinco filhos, que Adélia começou a se dedicar à carreira profissional literária. Seu primeiro livro é uma reunião de poesias, nomeado Bagagem. Carlos Drummond, escritor, foi quem enviou os primeiros escritos do livro de Adélia para publicação na Editora Imago. Segundo o conterrâneo e colega de profissão da premiada, “Adélia é lírica, bíblica, existencial, faz poesia como faz bom tempo”. 

As características do texto de Adélia assume postura profunda de sensibilidade aflorada voltada para questões existenciais. As poesias perpassam por misticismo, cotidiano, religiosidade, feminino, vida no interior. A autora também conquistou a fama escrever do ponto de vista de mulheres que temem a Deus, a morte, dedicadas à família e que gostam de sexo.  

Segundo Ana Prado, filha da escritora, “desde muito cedo, se envolveu politicamente, inclusive na vida da cidade. Trabalhou por um tempo na Secretaria de Cultura da cidade. Na época da ditadura, se envolveu em greves. E essa é uma história que pouca gente sabe ou não chega ao interesse das pessoas. Mas a gente sempre viu a movimentação dela nessa direção. Ela fala sobre feminismo e, às vezes, é muito mal interpretada. Mas acho que sempre foi à frente do seu tempo: teve um casamento completamente fora do padrão, ainda que tenha se casado com um homem do interior e de família tradicional” 

Prêmio Machado de Assis 

Criada em 1941, a premiação beneficia os escritores pelo conjunto de obras. A honraria é um dos mais tradicionais e prestigiados no universo literário brasileiro. A escolha é realizada pela Academia Brasileira de Letras. Nomes como Marina Colassanti, Gilberto Freyre, Ruy Castro, Fernando Sabino, Cecília Meireles e outros.