Nilson Jaime
Nilson Jaime

Periscópio – nova coluna do Jornal Opção – terá escopo polimástico

A convite do diretor Euler Belém, do Jornal Opção, inicio nessa data, dia de finados do ano pandêmico de 2021, coluna assinada neste semanário. O termo alusivo à periodicidade semanal, usado para o veículo noticioso – fundado em 1975 – dá-se apenas pela conveniência de se contar as edições, já que atualmente as notícias são acrescentadas a todo instante no “site” do jornal, mercê dos tempos e formatos virtuais. Assim também será esta coluna, alimentada de maneira contínua, no mínimo uma vez por semana.

O convite se deu para que eu escrevesse uma coluna polimástica, com temas multivariados, abrangendo cultura, ciência, geologia, medicina, saúde, cosmologia, agronomia, matemática, política, meio-ambiente, biografia, sociologia, literatura, arte, música, história, geografia, tecnologia e outros mais.

Tema Livre! Bem poderia ser esse o nome da coluna, por motivos óbvios. Euler Belém, contudo, me fez uma sugestão de vernáculo e fiquei de analisar. Disposto a encontrar um nome que fosse ao mesmo tempo claro, compreensível e isento de vieses, recorri a alguns amigos, familiares e, claro, ao dicionário – o pai dos cultos.

Encontrar um nome não é fácil: ora não abrange o conceito ou o escopo pretendidos, ora já foi apropriado por outros veículos de comunicação, pessoas ou até movimentos, tendenciando o sentido do vocábulo.

“Ciência e Cultura”, nome que me ocorreu de imediato, foi desprezado porque no próprio Jornal Opção já existe a ótima coluna “Ciência”. O presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Goiás (IHGG), Jales Mendonça, ponderou que o nome “Diversidade”, remeteria ao viés de inclusão de minorias, que – embora será tema abordado -, não traduz o objetivo da coluna. Pensei em “Plataforma”, logo descartado por associação com extração de petróleo, programas de partidos políticos e até “plataforma virtual” na computação. “Ponto Alto” pareceria pretensioso, de acordo com o professor do Instituto de Estudos Socioambientais da Universidade Federal de Goiás (IESA/UFG), Eguimar Felício Chaveiro. “Panorama” seria mais apropriado para uma coluna sobre turismo, opinou o professor Ricardo Assis, da Universidade Estadual de Goiás (UEG). Assim, deixei de lado dezenas de nomes, e retornei ao que me fora sugerido inicialmente pelo diretor do Jornal Opção: “Periscópio”.

O vocábulo não é comum e também não traz as virtudes do ineditismo e da originalidade em denominação de colunas de autor. Mas traduz plenamente o objetivo desta coluna: trazer signos pictóricos, ideias e perspectivas multifacetadas, e que estão distantes, para o campo visual do observador, no caso, o leitor.

Periscópio é um equipamento óptico, dotado de lentes e cristais, empregado em submarinos, tanques e trincheiras de guerra, e que permite observar objetos por cima de obstáculos que impedem sua visão direta.

Etimologicamente é uma justaposição de “Peri” (do grego, “à volta de”) com “Skopus” (do grego, “observador”). Assim, por latinização, Periscópio significa “olhar à volta”.

Retornando ao plano intelectual, esse é o objetivo deste autor de “Periscópio”: mostrar um pouco do mundo natural, das ciências humanas, biológicas e exatas, das artes e da cultura em geral, da geopolítica e da história, do mundo dos seres microscópios e da vastidão do cosmo, para quem está distante, ou desapercebido. Não necessariamente convencê-los com seus argumentos ou fazer valer sua cosmovisão, mas instigar nos leitores a curiosidade de aprofundar e aprender mais sobre o tema proposto. Se esse interesse for estimulado, e o leitor “olhar à volta”, este autor e a coluna “Periscópio” terão alcançado seus intentos. Boa leitura e até o próximo artigo

9 respostas para “Periscópio – nova coluna do Jornal Opção – terá escopo polimástico”

  1. Avatar Divina Pinto Paiva disse:

    Parabéns, Nilson!
    Perfeito!
    Escolha inteligente!

    Sucesso!_

    Abraços com ternura, meu amigo!

  2. Avatar Nonatto Coelho disse:

    Periscópio é um ótimo título para uma proposta dialética tão ampliada; já me deu vontade de ler mais, depois dessa introdução tão coesa e vocacional para uma plêiade de temas instigantes. Arte é meu tema preferido. Em nossa sociedade literária, nos faltam escribas que trata um temas tão elásticos.

    Parabéns ao jornal opção por essa nova janela cultural…

  3. Avatar Valdir Benedito Barbosa disse:

    É tão Poli que ficou realmente difícil englobar um título que alcançasse a todos, não apenas os assuntos quanto ao público em geral, logo o escolhido, acabou pegando bem da ótica deste artigo.
    Se n cometer o erro de abordar mais determinados assuntos, já, atualmente, polarizados, será uma boa opção para o leitor manter se atualizado e quem sabe até se interagindo com o autor. Vamos con fé.

  4. Avatar Valdir Ferreira disse:

    É grande expectativa que acompanharei sua coluna amigo Nilson Jaime, pois sei o quão grande é seus saberes. Parabéns Nilson Jaime, parabéns ao Jornal Opção apoiar as artes, a literaura e a ciência que são ferramentas preponderanrantes para evolução humana.

  5. Avatar Erisval Moura disse:

    Faça uma logomarca da coluna, com um viés humorístico.

  6. Avatar Antonio Manuel Corado Pombo Fernandes disse:

    Olá caro amigo, parabéns pelo texto inaugural e pelas explicações e justificativas de escolha feita e pela validação de voltar ao início depois de esgotadas tantas outras alternativas!!
    Vou ficar de olho, curioso com o que o periscópio vai nos mostrar acima da linha d’água.
    Abraço!

  7. Avatar AIDENOR Aires disse:

    Um grande nome para um valoroso periódico. Ganham a ciência, a arte e a cultura com os avistamentos de Nilson em seu Periscópio. Goiânia fica mais rica com este espaço para o conhecimento. PARABÉNS.

  8. Parabéns ao jornal Opção por incluir na sua estrutura jornalística o competente e ecléctico Nilson Jaime, nome que honra as tradições culturais de Goiás.

  9. Avatar Iracema Dantas disse:

    Jornal Opção, parabéns pelo tirocínio de convidar
    Nilson Jaime para apresentar a coluna Periscópio, nome escolhido após pesquisas e estudos, para “mostrar um pouco do mundo natural, das ciências humanas, biológicas e exatas, das artes e da cultura em geral, da geopolítica e da história, do mundo dos seres microscópios e da vastidão do cosmo, para quem está distante, ou desapercebido”. Sucesso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.