Nilson Jaime
Nilson Jaime

Bernardo Élis em Concerto

Com regência do maestro Eliel Ferreira, a OSGO levará ao público duas obras sinfônicas, sendo uma de um compositor goianiense e outra de um compositor russo, numa homenagem a Bernardo Élis

Acontece nesta quinta-feira, 18, às 20 horas no Teatro Goiânia, o Concerto “Bernardo Élis – um goiano universal”, com a Orquestra Sinfônica de Goiânia (OSGO), dentro das comemorações da “Quinzena Bernardo Élis 2021”, promovida pelo Instituto Bernardo Élis Para os Povos do Cerrado (Icebe).

Com regência do maestro Eliel Ferreira, a OSGO levará ao público duas obras sinfônicas, sendo uma de um compositor goianiense e outra de um compositor russo, numa homenagem a Bernardo Élis (1915-1997), único escritor goiano a integrar a Academia Brasileira de Letras. 

De acordo com o Release do evento, na primeira parte do programa a orquestra executará, do compositor goianiense Juliano Lima Lucas (nascido em 1978), as “Variações sobre Noites Goianas”, obra instrumental onde a melodia da icônica modinha goiana é desenvolvida e adornada sob várias formas e instrumentações.

Na segunda parte a orquestra executará a famosa obra “Sheherazade”, do compositor russo Rimsky-Korsakov (1844-1908). Trata-se de uma suíte sinfônica baseada no livro “As Mil e Uma Noites”, coleção de histórias e contos originários do Médio Oriente e Sul da Ásia que, após publicação em francês por Antoine Galland, tornou-se clássico da literatura mundial.

A obra musical de Korsakov se destaca pelo colorido orquestral e o interesse pelo oriente. Possui quatro partes distintas: 1) O mar e o navio de Simbad; 2) A história do Príncipe Kalender; 3) O jovem príncipe e a jovem princesa; 4) Festa em Bagdá – Naufrágio do barco nas rochas. 

A “Variações sobre Noites Goianas” procura expressar a goianidade e o regionalismo de Bernardo Elis, enquanto que “Sheherazade”, traduz a universalidade do escritor nascido em Corumbá de Goiás.

A promoção do Concerto é da Secretaria Municipal de Cultura (Secult-Goiânia) em parceria com o Icebe, contando com apoio da Secretaria Estadual de Cultura do Governo de Goiás (Secult-Goiás).

Entrada franca, com os cuidados sanitários contra Covid-19.

4 respostas para “Bernardo Élis em Concerto”

  1. Avatar HELENA M B P VASCONC disse:

    Estaremos presente. Parabéns

  2. Avatar Cidinha Coutinho disse:

    Se Noites Goianas fará parte do importante conserto, porque os nomes de seus compositores não foram citados? A letra teve como autor Joaquim Bonifácio de Siqueira, cuja música, de Joaquim Santana, vilaboense. Joaquim Bonifácio de Siqueira presenteou com os versos Joaquim José de Santana, instrumentista e pai de Joaquim Santana que o musicou. Sua filha Alice Santana ( irmã do autor da música, foi ao piano e a excitou e cantou. Fontes: Alice Santana ( minha avó paterna, e “A Modinha em Vila Boa”, de Maria Augusta Calado.

  3. Avatar Adelia Freitas da Silva disse:

    Parabéns pelo trabalho, Nilson. Você faz muito por Goiás. Obrigada.

  4. Avatar Orlanda luiza de lima ferreira disse:

    BERNARDO ÉLIS, o único IMORTAL goiano da Academia Brasileira de Letras, merece todo nosso respeito, homenagens e honrarias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.