Euler de França Belém
Euler de França Belém

Música de Lobão diz que Olavo de Carvalho se tornou “lambe-bolas” de Bolsonaro

“Valkiria Queen” sugere que o filósofo radicado em Virginia se tornou uma apologista do “tirano” que governa o Brasil

Lobão e Olavo de Carvalho: aliados que se tornaram adversários | Fotos: Reproduções

Houve um tempo em que músico Lobão era tão bolsonarista quando quanto os filhos do presidente, e com mais potencial de bolsonarizar, quer dizer, influenciar. Pois se trata de um músico e cantor popular que tem uma legião de fãs e seguidores. Em seguida, irritado com o que percebe como “excessos” de Jair Bolsonaro no poder — artistas em geral não apreciam ações ou discursos autoritários —, rompeu e deixou de conjugar o “verbo” bolsonarizar.

A ira de Lobão também se dirige ao ideólogo-mor do bolsonarismo — o filósofo Olavo de Carvalho, que mora no Estado americano de Virginia. Agora, numa homenagem do tipo reversa, Lobão grava uma música em inglês, “Valkiria Queen” (Rainha Valquíria), para a estrela intelectual do bolsonarismo. É um ataque-defesa, pois Lobão e Olavo de Carvalho não se toleram e se atacam. O músico chama o filósofo de “Valkiria Queen”.

O colunista Ancelmo Gois, de “O Globo”, traduz a letra da música de Lobão: “Ele é um lambe-bolas de tirano/elogiando ordem e controle/por engenhocas, criando paranoia (…)                      Toda a fraude que ele vê e tolera/é a fraude que ele se tornou/apenas para se contentar com uma coroa de bananas/e um trono de mentiras em nome de Deus”.

Lobão, apesar de falar em bananas, não chega a dizer que Olavo de Carvalho, como Carmen Miranda, “americanizou-se”…

Como diz um jornalista, parece briga de “ex-casal”.

Ouça a música:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.