Euler de França Belém
Euler de França Belém

Mulher assume o comando do Financial Times, jornal que circula há 131 anos

Roula Khalaf passou por várias áreas do jornal e é considerada uma jornalista competente e uma gestora eficiente

Roula Khalaf: editora do “Financial Times” a partir de 2020 | Foto Reprodução

A jornalista libanesa Roula Khalaf foi anunciada como nova editora-chefe do “Financial Times” (relata, no Brasil, o Portal Imprensa). Será a primeira mulher a assumir o comando do principal jornal de economia (e não só economia) da Inglaterra — que circula há 131 anos (no ano em que foi criado, 1888, o Brasil ainda era uma monarquia e estava abolindo a escravidão). Era editora-adjunta e trabalhava diretamente com o editor Lionel Barber, que deixará o cargo de chefia no começo de 2020. Barber trabalha na publicação, controlada pelo grupo japonês Nikkei, há 34 anos.

“É uma grande honra ser nomeada editora do FT. Estamos ansiosos para aproveitar as extraordinárias realizações de Lionel Barber e sou grata por sua orientação ao longo dos anos”, afirma Roula Khalaf. O presidente do Nikkei, Tsuneo Kita, sustenta que Lionel Barber “transformou a redação do FT em uma operação digital de primeira classe, cujo jornalismo nunca foi tão forte”. O executivo acrescentou que Roula Khalaf vai levar o jornal a um novo patamar. “A carreira de 24 anos da Roula no FT, incluindo seu mandato como editora-adjunta, provou sua integridade, determinação e bom-senso. Esperamos trabalhar em estreita colaboração com ela para aprofundar nossa aliança global com a mídia”, sublinha o empresário.

Experimentada, Roula Khalaf trabalhou para o “FT” como correspondente na África, editora estrangeira, editora de Oriente Médio e, em seguida, como editora-adjunto. Pelo desemprenho eficiente e comprometido por todos os setores nos quais trabalhou, foi promovida a editora-chefe. Além de jornalista competente, que reporta e edita com presteza, é apontada como gestora eficiente de redação.

As mulheres estão ocupando cargos de chefia nos jornais britânicos. Kath Viner e Victoria Newton são, respectivamente, editoras-chefes do “The Guardian” e do “Sun”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.