Euler de França Belém
Euler de França Belém

Morre o jornalista Laerte Júnior, aos 52 anos, de infarto

Ele era um profissional crítico e não tinha receio de apontar os equívocos dos governantes

Laerte Júnior, jornalista

O jornalista Laerte Júnior morreu na segunda-feira, 10, aos 52 anos de infarto. Ele era diabético.

Laerte Júnior trabalhou na Rádio Difusora, com a qual era profundamente identificado (havia sido demitido há pouco tempo). Estava trabalhando na Rádio Terra. Era polêmico e posicionado. Os amigos dizem que procurava ser justo nas críticas sempre rigorosas. A crítica corrosiva era seu elemento. Não tinha receio de governantes e de seus auxiliares.

Carla Vasques e Laerte Júnior

O jornalista Robson Filene escreveu no Facebook que Laerte Júnior era “uma pessoa muito humana, de um texto excepcional, que incomodava os poderosos com suas falas e matérias escritas”. Filene acrescenta que ele tinha uma “inteligência brava, ácida e, muitas vezes, engraçada e satírica”. O repórter frisa que ele brilhava no Twitter.

Apaixonado pela profissão, ao seu nome poderia ter sido acrescentando a palavra jornalista: Laerte Jornalista Júnior.

O jornalista Cláudio Curado escreveu no Facebook: “Uma grande perda. Atrás da imagem de ranzinza, que ele gostava de cultivar, havia um cara de um humor muito peculiar”.

Laerte deixa mulher, Carla Vasques, e filhos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.