Euler de França Belém
Euler de França Belém

Morre o jornalista José Divino. Ele trabalhou na TV Anhanguera

O profissional trabalhou na TV Anhanguera durante vários anos. Foi apresentador

O jornalista José Divino Pereira — que trabalhou na TV Anhanguera, durante vários anos — morreu na sexta-feira, 30. Ele se tratava, há anos, de problemas pulmonares. Uma de características era ter uma voz bonita e firme. O velório e o enterro (às 17 horas) serão realizados no Cemitério Parque Memorial (na GO-020).

Zé Divino dividiu bancada com Jackson Abrão. E apresentava a “Hora do Angelus” — com texto escrito pelo jornalista Javier Godinho. Depois de muito sucesso, a “Hora do Angelus” saiu do ar por exigência da TV Globo.

O jornalista e publicitário Rosenwal Ferreira diz que ele foi o primeiro apresentador da TV Anhanguera.

A jornalista Sueli Raul afirma que Zé Divino “veio de Uberlândia, com minha tia Magda Santos, para Goiânia. Ele havia recebido convite do Coronel Hipopota (Maximiliano Carneiro). Eles trabalharam juntos na Rádio Educadora de Uberlândia. Foi o Coronel que negociou a contratação de ambos pelo empresário Jaime Câmara [pai do atual presidente do Grupo Jaime Câmara — Jaime Câmara Júnior, mais conhecido como Júnior Câmara]. Magda era assistente e, logo depois, diretora artística. Zé Divino fazia comerciais ao vivo e deu voz à ‘Hora do Angelus’ por mais de 35 anos. Ele apresentou telejornais. Como ator, trabalhou nas novelas de Cici Pinheiro, junto com Magda Santos. Atuou em ‘Família Brodie’”.

José Divino com o vereador Anselmo Pereira, Sueli Raul e Kléber Veloso | Foto: Arquivo de Sueli Raul

Sueli Raul acrescenta: “Sempre o considerei e admirei Zé Divino pela pessoa, pelo profissional, pelo amigo, pelo tio que sempre foi para mim. Me lembro ainda do apoio que me deu e à minha família quando da morte da minha tia Magda em 7/01/1996….o carinho e a calma com que me ajudou…..inclusive com a pequena Maria Carolina….apesar da vida corrida, vez ou outra nos comunicávamos. Numa [acima] foto, ele aparece numa grata visita em nossa loja… como dizia ele ‘no meu caminho da roça’, sempre com satisfação por estar produtivo sempre a caminho da TV Anhanguera. Deixou um legado e muitos ensinamentos para aqueles que tiveram a oportunidade da convivência. Que Deus possa confortar a família. Sou grata à Deus por ter tido a oportunidade da amizade desse ímpar que foi e é Zé Divino. Um beijo, seu Zé!”

José Divino e Magda Santos em “Família Brodie” | Foto: Arquivo de Sueli Raul

Depoimento da jornalista Mirian Tomé no Facebook: “José Divino Pereira se foi. O jornalista nato, radialista dos melhores, culto e ético como poucos, morreu nesta madrugada. A história da televisão tem a marca dele. Na minha história no jornalismo, ele foi meu mestre. Quando entrei como estagiária na TV Anhanguera, ele me recebeu de braços e coração abertos. Me deu a chance de crescer profissionalmente ao me passar grandes desafios. Do relacionamento profissional para uma grande amizade: foi meu padrinho de casamento e fui escolhida por ele para batizar um de seus filhos. Vá em paz meu compadre! Foram muitas lutas e você as enfrentou com a força de caráter que sempre lhe caracterizou. Obrigada por ser meu mestre, mas principalmente por ser meu amigo. O jornalismo está de luto e meu coração em lágrimas”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.