Euler de França Belém
Euler de França Belém

Morre a escritora e ilustradora Ângela Lago. Grande perda para a literatura infanto-juvenil

A escritora mineira tinha 72 anos e era premiada no Brasil e no exterior

Arquivo

A escritora e ilustradora Ângela Lago morreu no domingo, 22, aos 72 anos. A professora Sônia Santos postou no Facebook: “Perdemos hoje Ângela Lago! Seu traço, sua poesia, sua arte inigualável farão falta. Na sexta contei e apresentei duas histórias dela para meus alunos na escola… eles ficaram deslumbrados, como era de se esperar…eu disse a eles que ela era uma vovó com o espírito traquina da Emília, a sabedoria de dona Benta e a doçura dos bolinhos da tia Nastácia…pode ela ter partido em seguida? Muito triste para a literatura brasileira, principalmente para a literatura infanto-juvenil”.

Ângela Lago nasceu em 1945, em Belo Horizonte (MG). A Wikipédia registra sobre a escritora: “A maior parte de sua obra é dedicada às crianças. Em alguns de seus livros não usa palavras, apenas imagens. Entre suas obras destaca-se ‘Cena de Rua’, premiado na França e na Bienal de Bratislava. ‘Cena de Rua’ foi publicado no México, na França, nos Estados Unidos e no Brasil. Inicia sua formação superior na Escola de Serviço Social da Universidade Católica de Minas Gerais. Frequentou o atelier do escultor Bitter, com um grupo de artistas plásticos. Em 1969, leciona na Escola de Serviço Social e trabalha como assistente no Instituto Psico-Pedagógico, para crianças com dificuldades psico-pedagógicas e psiquiátricas. Em 1975, abre seu próprio atelier de programação visual para publicidade, onde criou marcas, logotipos, propaganda institucional entre outros. A autora possui diversas obras contendo ilustrações e textos próprios nacionais, ilustrações de livros para outros autores nacionais, livros com textos e ilustrações da autora no exterior, ilustrações para livros de outros autores estrangeiros. Das diversas obras que a autora possui, podemos destacar a obra ‘Sangue de Barata’. Resultante da relação entre texto poético e desenho”.

Alguns Livros de Ângela Lago

Cena de Rua, Editora RHJ, Belo Horizonte, 1994

Tampinha, Editora Moderna, São Paulo, 1994

A festa no céu, Editora Melhoramentos, São Paulo, 1995

Uma palavra só, Editora Moderna, São Paulo, 1996

Um ano novo danado de bom, Editora Moderna, São Paulo, 1997

A novela da panela, Editora Moderna, São Paulo, 1999

Indo não sei aonde buscar não sei o quê, Editora RHJ, Belo Horizonte, 2000

Sete histórias para sacudir o esqueleto, Companhia das Letrinhas, São Paulo, 2002

A banguelinha, Editora Moderna, São Paulo, 2002

Muito capeta, Companhia das Letrinhas, São Paulo, 2004

A raça perfeita, Ângela Lago e Gisele Lotufo, Editora Projeto, Rio Grande do Sul, 2004

A casa da onça e do bode, Editora Rocco, Rio de Janeiro, 2005

A flauta do tatu, Editora Rocco, Rio de Janeiro, 2005

O bicho folharal, Editora Rocco, Rio de Janeiro, 2005

João felizardo, o rei dos negócios, Cosac-Naif, São Paulo, 2006

Um livro de horas, Editora Scipione, São Paulo, 2008

Algumas premiações da escritora

Prémio Iberoamericano de Ilustraciónm (1994)

Prêmio Jabuti (1995)

Prêmio Octogone de Ardoise (1994-1995)

Prix Graphique (2007).

Prêmio ABL de Literatura Infantojuvenil (2010)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.