Euler de França Belém
Euler de França Belém

Leilão da revista Exame tem lance mínimo de 72 milhões de reais

Executivos do setor de revistas sugerem que a publicação da Editora Abril vale mais. BTG Pactual está na parada

Com uma dívida de 1,6 bilhão de reais, a Editora Abril foi vendida para o advogado Fábio Carvalho. Este é o novo publisher da “Veja”, da “Quatro Rodas” e da “Exame” — as três principais e mais lucrativas do grupo. Tudo indica que o Grupo Abril vai ser fatiado, e até dissolvido, nos próximos meses. Na quinta-feira, 5, a “Exame” será levada a leilão, como parte do que se decidiu na recuperação judicial.

O valor arrecadado, informa Meio & Mensagem, será utilizado para abater a dívida do Grupo Abril, que, de 1,6 milhão, teria subido para 1,7 bilhão de reais. A editora também vender imóveis, como a sede da Marginal Tietê.

Fábio Carvalho: publisher da Editora Abril

O preço mínimo da “Exame” é 72,37 milhões de reais. É o lance inicial. Quem pagar mais leva. Segundo o Portal dos Jornalistas, “existe a possibilidade de o BTG Pactual, que assumiu a dívida ao adquirir os ativos da Abril, comprar o título e transformá-lo em uma plataforma de conteúdo financeiro”.

Executivos do setor de revistas sugerem que a “Exame”, que sempre faturou alto, vale bem mais do que 72 milhões de reais. Entretanto, devido à crise do setor, dificilmente os lances vão passar de 100 milhões de reais, dizem os experts. Noutra circunstância, a revista poderia ser comercializada por valores entre 200 milhões e 300 milhões de reais. Ou ate mais. “Ao lado da ‘Veja’, é a joia da coroa do grupo”, afirma um executivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.