Euler de França Belém
Euler de França Belém

Historiador Richard Bessel diz que, com o nazismo, a guerra era inescapável

nazismo e guerraO historiador Richard Bessel é autor de um livro seminal sobre o que os Aliados fizeram com o país gerido por Adolf Hitler: “Alemanha, 1945: Da Guerra à Paz” (Companhia das Letras, 488 páginas). Agora, a Objetiva lança, do mesmo Bessel, “Nazismo e Guerra” (256 páginas, tradução de Maria Beatriz de Medina). Com o nazismo, a guerra era inescapável.

“A Segunda Guerra Mundial foi o evento que definiu o século XX, deixando milhões de mortos e redesenhando o mapa político da Europa. Diferentemente de conflitos territoriais e políticos anteriores, a guerra lançada pela Alemanha nazista foi uma guerra ideológica, travada para apagar povos e culturas inteiros da face da Terra.

“‘Nazismo e Guerra’ vai ao âmago da ideologia nazista: a crença na guerra e na raça. A paz era mera preparação para a guerra que redesenharia o mapa racial da Europa. O livro começa com a construção de mitos após 1918, avança gradualmente pela década de 1920 e pela tomada do poder pelos nazistas até a expansão econômica, o rearmamento maciço e o antissemitismo promovido pelo governo na década de 1930; e então o início da Segunda Guerra Mundial.

“Richard Bessel, uma das autoridades mais proeminentes da história política e social da Alemanha moderna, demonstra como o ódio racial foi a força motriz por trás do nazismo. O nacional-socialismo alemão nasceu na guerra, emergindo triunfante em um país profundamente marcado pela derrota e ávido por recuperar sua grandeza e punir aqueles que a tinham usurpado. Como filosofia política, o nazismo exaltava a luta e o conflito como objetivo de uma nação. Como movimento político e um sistema de Estado, o nazismo fez de sua ideologia realidade, lançando o continente europeu numa guerra de aniquilação e num mar de sangue.

“Um trabalho de pesquisa vigoroso, ‘Nazismo e Guerra’ é uma das análises históricas mais influentes dos nossos tempos.”
Pode parecer publicidade, dado o release ter sido fornecido pela Editora Objetiva, mas, no caso de Richard Bessel, não é. O professor de história contemporânea na Universidade de York é um pesquisador rigoroso e um grande intérprete do nazismo e da Segunda Guerra Mundial.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.