Euler de França Belém
Euler de França Belém

Folha de S. Paulo começa a demitir um repórter por editoria e está cobrando até o cafezinho

Portal Imprensa diz que até a qualidade do papel higiênico dos banheiros da empresa piorou

Otavio Frias e Luís Frias Captura-de-Tela-2015-03-14-às-18.30.29

A redação da “Folha de S. Paulo” comenta que, ante a queda do faturamento publicitário, a empresa dirigida por Luís Frias (área administrativa e financeira) e Otavio Frias Filho (redação) decidiu demitir ao menos um jornalista por editoria a partir de terça-feira, 2. “Cotidiano”, “Poder”, “Ilustrada”, “Esporte” — todas as editorias serão atingidas pelos cortes.

O Portal Imprensa diz que a empresa ainda não se manifestou. Vários jornais e revistas do país concluíram que, dada a ampliação da recessão, 2016 será um ano ruim para a imprensa. Algumas publicações, ao demitir funcionários para reduzir custos, estariam apenas se antecipando à possibilidade de uma crise gigante.

As demissões começaram por outro jornal do grupo Folha da Manhã, o “Agora”. Três jornalistas foram afastados e é provável que novas demissões sejam feitas.

O Portal Imprensa informa que a direção da “Folha” está cobrando pelo café nas máquinas da empresa e reduziu “a qualidade do papel higiênico nos banheiros”.

Curiosamente, as demissões de outras empresas são publicadas com destaque na “Folha de S. Paulo”. Mas o próprio passaralho é “escondido” dos leitores.

(Na foto: os irmãos Luís Frias e Otavio Frias Filho)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.