Euler de França Belém
Euler de França Belém

Deiveson Figueiredo, o Deus da Guerra, derrota Benevidez e é campeão do peso mosca

Apesar do apelido de Deus da Guerra, o brasileiro é calmo, absolutamente zen, mas tem chumbo nas mãos

Deiveson Figueiredo finaliza Joseph Benevidez | Foto: Reprodução

Deiveson Figueiredo é o Deus da Guerra. É mesmo? Depois da vitória acachapante sobre o americano Joseph Benavidez, no sábado, 18, em Abu Dhabi, não há o que questionar: o brasileiro é, de fato, o Deus da Guerra.

Tranquilo, com a guarda quase sempre baixa, chamando o adversário para a luta, Deiveson atacou nos momentos certos, como se tivesse chumbo nas mãos. O narrador e o comentarista do canal Combate, assustados com a calma do brasileiro, recomendavam que levantasse as mãos, reforçando a guarda.

Mas o estilo de Deiveson é diferente: ele busca a luta, procura atrair o oponente — daí a guarda baixa. Como um patinho, Benavidez, de 35 anos (completa no dia 31 deste mês), caiu na armadilha do Deus da Guerra. Aproximava-se, perigosamente, e, bum!, estava no chão, com o rosto já meio inchado.

Quase no fim do primeiro round, Deiveson “caçava” Benevidez pelo octógono, sem pressa, mas com firmeza. Boxeador de primeira, como fosse um Muhammad Ali mignon, acertou o americano, que caiu, tonto.

Deiveson agarrou Benevidez, que desmaiou. Mais uma vitória do, sim, Deus da Guerra — um notável lutador. Agora, campeão do peso mosca.

Palavras do Deus da Guerra

“Estou muito feliz, trabalhei duro para isso, sabia que meu momento ia chegar. Essa é a hora. Vou trabalhar duro para manter por muito tempo. Eu sou o campeão e estarei sempre preparado para os próximos desafios. Eu sou um cara que veio do Marajó, desde criança trabalho com animais bravos, adquiri o instinto selvagem destes animais e sou um feroz dentro do octógono. Eu queria dar este show e levar o cinturão para minha cidade, Soure, para Belém do Pará e levar o cinturão para todos os brasileiros. É nosso! Eu sou o campeão, p***!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.