Euler de França Belém
Euler de França Belém

Bomba! Jarbas Rodrigues, da coluna Giro, de O Popular, cassa mandato do deputado Thiago Peixoto e o elege vereador

thiago peixoto
O “Pop” acaba de promover uma ampla reforma política, ao cassar o mandato de um deputado federal, Thiago Peixoto, e elegê-lo vereador em Goiânia.

Confira a nota “Trocar líder”, da coluna “Giro” (quarta-feira, 9), assinada pelo repórter Jarbas Rodrigues Jr.: “A bancada do PSDB também se reuniu na Câmara de Goiânia. Além de combinar mais ataques ao PT e ao PMDB, quer trocar o líder Thiago Peixoto, que é pré-candidato a deputado estadual”. O repórter do “Pop” esquece uma função básica do jornalismo: por que a bancada quer trocar o jovem líder? Jarbas “Passarinho”, ops!, Rodrigues, nada diz.

Como se sabe fora da redação do “Pop”, Thiago Peixoto é deputado federal e, portanto, não despacha na Câmara Municipal de Goiânia. Mais: Peixoto está entre os políticos “protegidos” pela redação do jornal. Bola fora dupla, portanto, de Jarbas Rodrigues. Ah, sim, Thiago Peixoto também não trocou de partido. Até terça-feira, 8, quando Jarbas Rodrigues redigiu a nota, o jovem economista era filiado ao PSD. Nunca foi do PSDB. E, como não há mais “tempo” para trocar de partido, continua no PSD.

Ao contrário do que publicou o “Pop”, o líder do PSDB na Câmara é o vereador Thiago Albernaz, neto do ex-prefeito de Goiânia Nion Albernaz. O motivo pelo qual o outro Thiago, o Peixoto, é protegido, na redação do “Pop”, todos sabem. As razões das críticas frequentes a Albernaz, também Thiago, só Jarbas Rodrigues e uma repórter do jornal podem explicar.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.